01:22 22 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    Coronavírus no mundo no fim de setembro (49)
    0 101
    Nos siga no

    O Fundo Russo de Investimentos Diretos e uma das principais farmacêuticas do Egito, a Pharco, firmaram um acordo de fornecimento de 25 milhões de doses da vacina russa contra a COVID-19 ao país.

    "O acordo apoiará os esforços do Ministério da Saúde do Egito em fornecer ao país uma vacina contra a COVID-19. Graças ao acordo entre o RFPI e a Pharco, 25% da população egípcia será vacinada com a Sputnik V. Futuramente, a vacina será distribuída aos países vizinhos", comunicou o RFPI.

    Dessa forma, o Egito contará com uma ampla gama de vacinas contra a COVID-19, incluindo a que utiliza a plataforma de vetores adenovirais humanos, que tem sido estudada há décadas. Sua segurança foi comprovada em mais de 75 estudos científicos internacionais e em mais de 250 estudos clínicos, informa a entidade.

    "Os egípcios receberão uma vacina elaborada na base de uma plataforma que não possui efeitos adversos a longo prazo, como câncer ou riscos reprodutivos. Esperamos que outros países incluam a Sputnik V em seus portfólios de vacinas", afirmou Kirill Dmitriev, diretor-geral do RFPI.

    Registrada no início de agosto passado, a vacina Sputnik V, desenvolvida pelo Centro Nacional de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya, com financiamento do RFPI, tem despertado a atenção de diversos países.

    Enfermeira manipula vacina russa Sputnik V contra COVID-19 durante testes com voluntários em Moscou, Rússia, 9 de setembro de 2020
    © Sputnik / Vladimir Pesnya
    Enfermeira manipula vacina russa Sputnik V contra COVID-19 durante testes com voluntários em Moscou, Rússia, 9 de setembro de 2020

    Mais de 50 países do Oriente Médio, Ásia, América Latina, Europa e Comunidade dos Estados Independentes firmaram acordos de compra da vacina Sputnik V.

    Anteriormente, o RFPI anunciou ter chegado a acordo com parceiros no México para o fornecimento de 32 milhões de doses. Há também acordos com o Brasil para cerca de 50 milhões de doses, com a Índia para 100 milhões de doses, entre outros.

    Tema:
    Coronavírus no mundo no fim de setembro (49)

    Mais:

    Vacina russa Sputnik V desperta interesse em outro país da América Latina
    The Lancet publica resposta de cientistas russos a colegas sobre vacina russa Sputnik V
    Países africanos apostam na vacina russa Sputnik V para enfrentar pandemia no continente
    Tags:
    Rússia, Egito, Sputnik V, COVID-19, novo coronavírus, vacinação, vacina, vacina
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar