04:26 20 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    261
    Nos siga no

    O Ministério das Relações Exteriores da Rússia divulgou um comunicado nesta sexta-feira (25) afirmando que o governo alemão obstrui a investigação preliminar da Rússia sobre o que aconteceu com o opositor russo Aleksei Navalny.

    "O governo da Alemanha impede ativamente a investigação preliminar realizada na Rússia sobre o incidente com Aleksei Navalny, colocando obstáculos para estabelecer a verdade sob a lei russa", diz o texto.

    Além disso, o Ministério das Relações Exteriores da Rússia denunciou um plano para "politizar este incidente com o objetivo óbvio: acusar a Rússia de violar a Convenção para a Proibição de Armas Químicas".

    Aleksei Navalny desce as escadas do hospital Charité em Berlim, Alemanha, em imagem sem data publicada na Internet em 19 de setembro de 2020
    © REUTERS / Conta Instagram de @navalny / Handout
    Aleksei Navalny descendo de escadas

    De acordo com o comunicado da diplomacia russa, o escritório técnico da Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ), "quando ofereceu ao lado alemão [...] assistência técnica no âmbito do 'suposto envenenamento de Aleksei Navalny', excedeu o seu mandato".

    A OPAQ anunciou formalmente que forneceria assistência à Alemanha no caso Navalny em 17 de setembro, observando que havia "adotado medidas preparatórias específicas para estar pronta para responder a qualquer pedido da Alemanha" logo após ser informada sobre o suposto envenenamento de Navalny no dia 3 de setembro. 

    Mais:

    Navalny recebe alta e deixa hospital, revela clínica de Berlim
    Kremlin: na questão do 'envenenamento' de Navalny há muita coisa absurda
    Recuperação de Navalny avança após alegada tentativa de envenenamento (FOTO)
    Criador do Novichok aponta falta de principais sintomas da substância em Navalny
    Tags:
    envenenamento, Rússia, Berlim, Alemanha, Aleksei Navalny
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar