06:38 28 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    2301
    Nos siga no

    Moscou e Minsk farão exercícios militares conjuntos, mas não houve discussão sobre a implantação de bases militares russas na Bielorrússia, disse o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, nesta segunda-feira (14).

    Os comentários de Peskov ocorrem após o encontro do presidente russo, Vladimir Putin, com seu homólogo bielorrusso, Aleksandr Lukashenko, em Sochi.

    O porta-voz do Kremlin foi questionado por jornalistas se os líderes haviam discutido a possível implementação de bases russas no país de Lukashenko.

    "Não, essas alegações não são baseadas na realidade, esta questão [das bases] não foi discutida. Os exercícios serão realizados, mas tal questão não está na agenda", disse Peskov.
    Encontro entre o presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o seu homólogo da Bielorrússia, Aleksandr Lukashenko, em Sochi, Rússia.
    © Sputnik / RIA / Kremlin
    Encontro entre o presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o seu homólogo da Bielorrússia, Aleksandr Lukashenko, em Sochi, Rússia.

    Peskov também confirmou que Lukashenko pretende mudar a Constituição da Bielorrússia.

    "De sua parte, o presidente Lukashenko confirmou sua intenção de avançar com as mudanças constitucionais, informou [o presidente Putin] sobre sua intenção de formar uma estrutura de trabalho apropriada e lançar um processo em grande escala de mudanças constitucionais", acrescentou Peskov.

    Mais:

    Dois jornalistas da emissora polonesa Belsat são detidos na Bielorrússia
    Bielorrússia detecta movimentação de tropas da OTAN a 15 km da fronteira do país
    Bielorrússia: protesto não autorizado reúne 3 mil pessoas em Minsk, 250 são detidas
    Lukashenko: eventos recentes em Minsk mostram que Bielorrússia deve ficar mais perto da Rússia
    Tags:
    Vladimir Putin, Dmitry Peskov, exercícios militares, Rússia, Bielorrússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar