06:08 23 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    7293
    Nos siga no

    O Centro Russo de Reconciliação para a Síria declarou nesta quinta-feira (27) que os militares russos continuarão a cumprir estritamente os acordos de combate ao terrorismo no país árabe.

    De acordo com a organização, a patrulha da polícia militar russa na Síria tomou todas as medidas possíveis para evitar um incidente com os militares dos EUA na última quarta-feira (26).

    "A patrulha russa tomou todas as medidas possíveis para evitar o incidente e continuar a cumprir a tarefa. O grupo de forças russas na República Árabe Síria continuará a cumprir estritamente os acordos alcançados na realização de tarefas de combate ao terrorismo internacional na Síria", diz o comunicado.

    No último dia 25 de agosto, foi relatado um acidente entre tropas norte-americanas e russas no nordeste da Síria quando uma patrulha russa foi barrada por militares dos EUA. O Ministério da Defesa russo alegou que os militares norte-americanos tentaram bloquear a passagem de um comboio russo, apesar de o lado americano ter sido avisado da deslocação com antecedência.

    O chefe do Centro Russo de Reconciliação para a Síria, coronel Aleksei Posunko, disse em entrevista coletiva que a rota e a composição da patrulha russa na Síria foram coordenadas com os Estados Unidos.

    Segundo Posunko, em 25 de agosto, cinco veículos blindados da polícia militar russa realizaram uma patrulha planejada do território no nordeste da Síria. Eles foram cobertos por helicópteros aéreos, cujo uso é permitido pelos protocolos russo-norte-americanos.

    "De acordo com as disposições dos protocolos, a rota do movimento, a composição da patrulha e o fato de o comboio ser escoltado por helicópteros foram acordados com o lado norte-americano em 24 de agosto", disse Posunko.

    Ele afirmou também que foram acertados os pontos de entrada e saída e a rota de movimentação do comboio na área de responsabilidade da coalizão internacional antiterrorista.

    Mais:

    Explosão na Síria mata major-general e deixa 2 soldados russos feridos
    Com ajuda da Rússia, Síria conduz operação de grande escala para eliminar radicais
    Defesa russa responsabiliza EUA por incidente com blindados russo e americano na Síria (VÍDEO)
    Tags:
    Centro Russo para a Reconciliação Síria, tropas, EUA, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar