23:09 11 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    3171
    Nos siga no

    Neste sábado (1º), o Ministério das Relações Exteriores da Rússia afirmou que sanções recém impostas pela União Europeia (UE) contra cidadãos e entidades russas têm conotação política e se disse perplexo com a posição da organização.

    Segundo a declaração divulgada pela Ministério, as conotações políticas das sanções, que envolvem também cidadãos e entidades da China e da Coreia do Norte por supostos ataques cibernéticos, são "óbvias".

    Na quinta-feira (30), a UE introduziu sanções contra seis indivíduos e três entidades da Rússia, China e Coreia do Norte, que, segundo a UE, são responsáveis ​​por ou estão envolvidos em vários ataques cibernéticos. Essas medidas incluem proibição de viagem e congelamento de ativos.

    Prédio do Conselho Europeu em Bruxelas, Bélgica
    © AP Photo / Virginia Mayo
    Prédio do Conselho Europeu em Bruxelas, Bélgica
    "Estamos perplexos e chateados com a decisão do Conselho da União Europeia em 30 de julho de introduzir restrições unilaterais a vários cidadãos e entidades da Rússia, bem como à RPC [República Popular da China] e à RPDC [República Popular Democrática da Coreia]. Mais uma vez, isso está sendo feito sem quaisquer fundamentos, sob o pretexto forçado de envolvimento em incidentes cibernéticos no passado. As conotações políticas dessa medida são óbvias", disse o Ministério através de publicação no Facebook, acrescentando que sanções unilaterais são ilegais e prejudiciais.

    O Ministério ainda instou a UE a parar de tentar pressionar Moscou e se ofereceu para trabalhar em regras eficientes para evitar conflitos no ciberespaço.

    Mais:

    União Europeia aplica sanções contra pessoas físicas e jurídicas da Rússia, China e Coreia do Norte
    Como China pode reagir à exclusão do sistema internacional de pagamentos?
    Rússia deverá iniciar vacinação em massa contra COVID-19 em outubro
    Tags:
    Coreia do Norte, China, Rússia, República Popular Democrática da Coreia (RPDC)
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar