19:57 06 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    3717
    Nos siga no

    O Conselho da União Europeia concordou em sancionar algumas pessoas e organizações na Rússia, China e Coreia do Norte por supostos ataques cibernéticos que ameaçam a Europa.

    As sanções incluem o congelamento de bens e a proibição de viajar para a União Europeia e afetam quatro cidadãos russos, dois chineses e três organizações, da Rússia, China e Coreia do Norte.

    "Hoje, o Conselho da União Europeia decidiu impor medidas restritivas contra seis pessoas e três organizações responsáveis ​​por vários ataques cibernéticos", diz o comunicado da entidade.

    Foi relatado também que as medidas restritivas são impostas por supostos ataques cibernéticos à Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ) e ataques cibernéticos usando programas como WannaCry, NotPetya e Operation Cloud Hopper.

    Na semana passada, os embaixadores dos estados-membros da União Europeia lançaram um procedimento escrito para adotar medidas restritivas diante de ataques cibernéticos que estariam ameaçando a segurança do bloco comunitário.

    A Rússia rejeitou repetidamente as acusações ocidentais sobre quaisquer ataques cibernéticos.

    Mais:

    Twitter sofre ataque massivo de hackers e contas de Obama, Elon Musk e Bill Gates publicam fraude
    Reino Unido anuncia sanções contra cidadãos da Rússia, Arábia Saudita e Mianmar
    Rússia vai responder às novas sanções anunciadas pelo Reino Unido, diz parlamentar russo
    Tags:
    Coreia do Norte, sanções, China, Rússia, União Europeia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar