14:22 02 Julho 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    3550
    Nos siga no

    O presidente da Rússia, Vladimir Putin, escreveu à revista norte-americana National Interest (NI) sobre as lições do 75º aniversário da Segunda Guerra Mundial.

    No texto escrito à revista, Putin revela o real motivo pelo qual o Dia da Vitória é tão importante para o povo russo.

    Além da marca deixada pela guerra em milhões de famílias, a data marca o valor à pátria, à família e as lições deixadas por cada um daqueles que participaram da heroica batalha.   

    Putin revela que recorda seus pais e todas as lições que ensinaram durante os momentos mais difíceis, e que por diversas vezes sente falta daquelas conversas, que mostravam os reais valores de sentimento íntimo e profundo pela pátria e pela família.

    "Quanto mais os anos passam, mais sinto a necessidade de conversar com meus pais e aprender mais sobre o período de guerra de suas vidas. No entanto, não tenho mais esta oportunidade. Esta é a razão pela qual aprecio profundamente as conversas que tive com meus pais sobre este assunto, bem como a pouca emoção demonstradas por eles", citou.

    E é por isso que tenta passar este conhecimento para os jovens, mostrando a importância de estar preparado para situações difíceis, estando prontos para demonstrar seus valores e gratidão em memória daqueles que tanto lutaram para garantir a soberania do país e do mundo na luta contra a Alemanha nazista.

    "Estou confiante de que uma das características do povo russo é o cumprimento do seu dever quando forem exigidos. Valores como patriotismo, amor pelo lar, pela família e pela pátria seguem sendo fundamentais aos russos. Estes valores, são em grande parte, a espinha dorsal da soberania do país", citou Vladimir Putin.

    Putin também cita os fatores que contribuíram para desencadear a Segunda Guerra Mundial, como as decisões precipitadas após a Primeira Guerra Mundial.  

    Caças multifuncionais russos de 5ª geração Su-57 durante o Dia da Vitória em Moscou
    © Sputnik / Vladimir Astapkovich
    Caças multifuncionais russos de 5ª geração Su-57 durante o Dia da Vitória em Moscou

    O presidente também escreve sobre a existência de inúmeras afirmações e evidências falsas sobre as guerras, ressaltando que qualquer informação ou dado deve ser analisado apenas através de canais oficiais e de arquivos.

    A confiança entre os relacionamentos após o Acordo de Munique também foi citada por Putin, que ressalta as lições aprendidas e as percepções deixadas com relação aos países ocidentais.

    O presidente russo enfatiza que, além da preservação da memória daqueles que lutaram para salvar o mundo, o Dia da Vitória também deve ser visto como uma forma de reflexão para que os novos sistemas da ordem mundial trabalhem com maior seriedade, para não repetirem os mesmos erros que seus antecessores cometeram.

    Leia a íntegra do artigo do presidente russo em breve no site da Sputnik Brasil.

    Mais:

    Vida eterna aos nossos pracinhas! Dia da Vitória sobre nazismo repercute no Twitter
    Melhores fotos de abril em que Rússia se prepara para Dia da Vitória
    Ex-coronel sérvio da brigada que abateu F-117 da OTAN participará do Dia da Vitória em Moscou
    Tags:
    Vladimir Putin, aniversário, Segunda Guerra Mundial, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar