10:04 27 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    Avanço da pandemia de COVID-19 em meados de maio (112)
    5231
    Nos siga no

    A vice-primeira-ministra da Rússia, Tatiana Golikova, declarou nesta segunda-feira (11) que a taxa de mortalidade por COVID-19 na Rússia é 7,4 vezes menor que a média no resto do mundo.

    "Eu também gostaria de observar que a diminuição da proporção de pneumonia de 25% para 20,6% entre as pessoas infectadas, uma redução quase nove vezes maior a partir da data do início da doença e da hospitalização, bem como uma desaceleração de 2,6 vezes no ritmo de aumento de novos casos, nos permitiu ter uma taxa de mortalidade bastante baixa na Federação da Rússia, que agora é 7,4 vezes menor do que no resto do mundo, em média", disse Golikova em uma reunião sobre a situação do coronavírus na Rússia.

    A vice-primeira-ministra enfatizou a necessidade de reduzir ainda mais a taxa de mortalidade.

    Ao comentar a taxa de crescimento diário de casos de coronavírus no país, Golikova afirmou que o número caiu para 5,6%, acrescentando que algumas regiões russas ainda estão apresentando um ritmo acelerado.

    O presidente russo, Vladimir Putin, anunciou nesta segunda-feira (11) novas medidas de apoio econômico e social aos cidadãos russos, assim como a saída gradual da quarentena. Em particular, ele defendeu a retomada das atividades em setores básicos como comunicações, energia, produção alimentar, indústria e construção.

    Tema:
    Avanço da pandemia de COVID-19 em meados de maio (112)

    Mais:

    Sanções à Rússia devem ser revistas em meio à COVID-19, pede líder de Fórum Alemão-Russo
    Rússia anuncia trabalho conjunto com a China para desenvolvimento de vacina para COVID-19
    Ministro da Defesa sérvio agradeceu auxílio dos especialistas russos no combate contra COVID-19
    Tags:
    pandemia, Vladimir Putin, Rússia, novo coronavírus, COVID-19
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar