04:30 03 Junho 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    6292
    Nos siga no

    O diálogo com os EUA sobre os novos sistemas russos de armas hipersônicas não será possível sem uma discussão abrangente sobre os projetos hipersônicos norte-americanos.

    A criação da defesa antimíssil global dos EUA, bem como seus projetos de instalação de armas no espaço e outros programas altamente desestabilizadores. Esta é uma condição obrigatória.

    O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Ryabkov lembrou que, em 2019, no quadro do tratado START, foi feita uma demonstração a representantes dos EUA do sistema Avangard, com ogiva planadora. Se o atual START permanecer em vigor por mais alguns anos após o prazo inicial de dez anos, seria justo que o sistema citado seja introduzido no tratado.

    "Relativamente a alguns de nossos sistemas, chamados ultimamente pelos norte-americanos de 'exóticos', não recusamos o diálogo sobre eles. Mas quero chamar especial atenção para o seguinte: não discutiremos esses sistemas no vácuo, eles não são tema de discussão independentemente de qualquer outra circunstância. Ao contrário: a condição irrevogável para iniciar um diálogo sobre esses sistemas é o acordo dos EUA de discutir na prática esses programas e projetos norte-americanos que nos causam preocupação", afirmou o ministro.

    Ativistas se manifestam contra armas nucleares norte-americanas em Colônia, Alemanha (foto de arquivo)
    Ativistas se manifestam contra armas nucleares norte-americanas em Colônia, Alemanha (foto de arquivo)

    O ministro especificou que a condição diz respeito à criação de um sistema global de defesa antimíssil pelos EUA, às perspectivas de instalar armas no espaço, aos programas norte-americanos de ataque rápido global e "diversos programas hipersônicos dos EUA que estão se iniciando, além de muitos outros temas".

    "Não podemos ignorar esses programas e áreas de trabalho dos militares dos EUA, pois os consideramos extremamente desestabilizadores precisamente do ponto de vista estratégico", afirmou Ryabkov.

    "Por isso, sublinhamos mais uma vez e dirigimos esta mensagem aos norte-americanos: o diálogo sobre a estabilidade estratégica só pode ser abrangente e nesse diálogo nos guiaremos exclusivamente pelo intuito de garantir nossa segurança nacional. Esse é o ponto-chave de nossa abordagem quanto ao trabalho na área de controle de armas em geral", concluiu.

    Mais:

    Marinha dos EUA lança míssil em meio a tensões com Pequim no mar do Sul da China (FOTOS)
    Marinha dos EUA testa com êxito míssil balístico Trident II capaz de transportar ogiva nuclear
    Governo dos EUA acredita que míssil de defesa iraniano derrubou avião em Teerã
    Tags:
    diálogo, sistema de defesa, Tratado START, tratado, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar