20:06 23 Janeiro 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    0 20
    Nos siga no

    Investigadores iniciaram uma inspeção após a morte do correspondente espanhol da Sputnik, Manuel Antonio Regalado Sánchez, no sudoeste de Moscou.

    Anteriormente, a assessoria de imprensa da agência de notícias internacional Rossiya Segodnya informou que o espanhol Manuel Antonio Regalado Sánchez, de 40 anos de idade, morreu tragicamente em Moscou.

    "Devido à morte do homem no sudoeste da capital, está sendo realizada uma inspeção antes da investigação. Segundo dados da investigação, na noite de 13 de janeiro, perto de um prédio localizado no sudoeste da capital, foi encontrado o corpo do homem, que nasceu em 1979, com traumas mortais", declarou à Sputnik a assistente principal do chefe do comitê investigativo de Moscou, Yulia Ivanova.

    Segundo ela, os investigadores estão concretizando as circunstâncias do acontecido.

    "Durante revista na casa, foi constatada que a ordem dos bens não está destruída, não há evidências de lutas", explicou Ivanova.

    Segundo Ivanova, além dos vizinhos do morto, uma parente do espanhol que estava com ele no momento da morte foi interrogada.

    Mais:

    Bolsonaro fez 1 ataque a jornalistas a cada 3 dias em 2019, revela FENAJ
    Cinegrafista da agência de vídeo Ruptly é morto no Iraque
    Jornalistas da Sputnik Estônia abandonam redação devido a ameaças
    Tags:
    Rússia, Moscou, Espanha, jornalista, Sputnik
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar