05:34 06 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    691
    Nos siga no

    A Rússia quer que os Estados Unidos e a União Europeia sejam parceiros estáveis ​​e procura seguir realizando trocas comerciais com ambos, disse o chanceler russo, Sergei Lavrov, neste domingo (22).

    Lavrov fez a declaração durante uma entrevista em um programa transmitido pelo Canal 1 na televisão.

    "Gostaríamos que os Estados Unidos - que é nosso parceiro, com quem temos trocas comerciais, queiram e devam cooperar em prol da paz global - como qualquer outro parceiro, e sejam estáveis. O mesmo se aplica à União Europeia", afirmou Lavrov.

    O ministro acrescentou que Moscou procura se concentrar na agenda positiva nas relações com ambos, em particular no comércio, investimento e outros meios para melhorar o bem-estar dos cidadãos.

    A declaração foi feita após as recentes sanções contra o gasoduto Nord Stream 2 (Corrente do Norte 2) impostas pelos EUA, que desencadearam uma onda de críticas por parte da Rússia e dos países europeus, alegando que a decisão prejudicaria seus negócios.

    O Ato de Autorização de Defesa Nacional, que prevê um orçamento de defesa de US$ 738 bilhões nos EUA, foi assinado pelo presidente norte-americano, Donald Trump, na sexta-feira (20). A medida, entre outros ponto, também proíbe a cooperação militar entre EUA e Rússia.

    Mais:

    Senado dos EUA aprova sanções contra Nord Stream 2
    Empresa suíça Allseas suspende trabalhos no projeto Nord Stream 2 sob ameaça de sanções dos EUA
    Sanções dos EUA não impedirão Nord Stream 2, diz senador russo
    Embaixador dos EUA diz que europeus agradecem por sanções contra o Nord Stream 2
    Tags:
    Donald Trump, Nord Stream 2, União Europeia, EUA, Rússia, Sergei Lavrov
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar