09:07 31 Maio 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    4617
    Nos siga no

    O Comitê de Investigação da Rússia informou nesta sexta-feira (20) que o número de mortos por conta do ataque ao Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB), em Moscou, subiu para duas pessoas.

    Além disso, o Comitê de Investigação confirmou que o autor dos assassinatos era Yevgeny Manyurov, de 39 anos, morador de Podolsk (província de Moscou).

    Nesta quinta-feira (19), Manyurov abriu fogo no centro de Moscou perto do prédio do Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB) e deixou duas pessoas mortas e outras cinco feridas.

    "Como consequência (do tiroteio) um agente morreu no local, outro, em estado grave, foi internado no hospital onde morreu mais tarde. Outras cinco pessoas, incluindo um civil, sofreram ferimentos diferentes", afirmou o comunicado do comitê.

    O incidente foi classificado pelas autoridades como um "ato de terrorismo".

    Mais:

    Homem abre fogo em Moscou e deixa 1 funcionário do FSB morto; atirador foi eliminado (VÍDEOS)
    Imagens do tiroteio perto do prédio do FSB que parou o centro de Moscou
    Veja a situação em frente ao prédio do FSB após ataque que matou 1 pessoa (VÍDEO)
    Tags:
    mortos, atirador, ataque, Serviço Federal de Segurança (FSB), Moscou
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar