10:32 13 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    O presidente russo, Vladimir Putin, discursa durante cúpula Rússia-África, em Sochi.

    Putin diz que países do BRICS devem revitalizar laços econômicos

    © Sputnik / Michael Metzel
    Rússia
    URL curta
    11ª Cúpula do BRICS no Brasil (20)
    6210
    Nos siga no

    O Brasil sedia nos 13 e 14 de novembro, em Brasília, a 11ª Cúpula de Chefes de Estado do BRICS , grupo formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

    O presidente russo, Vladimir Putin, declarou nesta quarta-feira (13) que os países do grupo BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) devem dar um novo vigor ao seu relacionamento econômico.

    "Os países do grupo BRICS devem revitalizar suas associações econômicas", disse o chefe de Estado russo durante sua participação no fórum empresarial da cúpula dos BRICS, realizado em Brasília.

    Vladimir Putin observou que a Rússia é um fornecedor confiável de energia e está pronta para expandir a cooperação com os países do BRICS nessa direção.

    "A Rússia fornece suprimentos de energia de maneira confiável aos mercados mundiais, contribui significativamente para a manutenção da segurança energética global, sem a qual o crescimento econômico e o desenvolvimento social não podem ser garantidos", disse ele.

    "Estamos prontos para expandir a cooperação com os países do BRICS no uso de combustíveis ecologicamente corretos", acrescentou Putin no encerramento do evento.

    Após se reunir com os líderes da Índia e China nesta quarta-feira, Vladimir Putin irá se reunir com o presidente Jair Bolsonaro na quinta-feira, 14 de novembro. 

    Tema:
    11ª Cúpula do BRICS no Brasil (20)

    Mais:

    BRICS deve fazer frente ao unilateralismo e uso de sanções, diz diplomata russo
    Precisamos de ambientes políticos estáveis para fazer investimentos, diz empresário chinês no BRICS
    Em fórum empresarial, líderes do BRICS criticam 'excesso de protecionismo'
    Tags:
    Vladimir Putin, cooperação, BRICS, Brasil, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar