19:01 12 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Bandeira síria no campo de refugiados palestiniano libertado de Yarmouk, no sul de Damasco, Síria (foto de arquivo)

    Rússia, Turquia e Irã dizem que Comitê da Síria deve trabalhar sem interferência estrangeira

    © Sputnik / Mikhail Voskresenskiy
    Rússia
    URL curta
    3251
    Nos siga no

    Os ministro das Relações Exteriores dos países do formato de Astana - Rússia, Turquia e Irã - realizaram hoje uma reunião para discutir a crise síria, em que pediram independência no trabalho do Comitê Constitucional do país árabe.

    A Rússia, Turquia e o Irã declararam nesta terça-feira (29) que o Comitê Constitucional da Síria deve trabalhar sem qualquer interferência estrangeira e sem prazos impostos externamente. A informação foi divulgada através de uma declaração conjunta dos chefes da diplomacia dos três países.

    "Os ministros expressaram seu ponto de vista de que o trabalho do Comitê Constitucional deve ser governado por um senso de compromisso e engajamento construtivo, sem interferência estrangeira e cronogramas impostos externamente, com o objetivo de alcançar um acordo geral de seus membros que permita que o resultado seja com o mais amplo apoio possível do povo sírio", diz o comunicado.

    Os ministros também enfatizaram a importância de avançar em um processo de resolução da crise, a fim de aumentar a assistência humanitária a todos os sírios sem condições prévias, facilitar o retorno voluntário de refugiados e pessoas deslocadas internamente para seus locais de residência na Síria, além de criar confiança entre as partes sírias.

    O ministro das Relações Exteriores da Rússia, por sua vez, afirmou que entrou em acordo com os chanceleres da Turquia e Irã de continuar esforços de cooperação com todas as partes sírias "no interesse de estabelecer uma estabilização duradoura no longo prazo, eliminando os focos remanescentes de terrorismo".

    Mais:

    Confronto entre forças curdas e pró-Turquia deixa 15 mortos na Síria
    Curdos abandonam base militar e posto de controle no norte de Raqqa, na Síria
    Forças sírias informam que 'braço direito' do Daesh teria sido eliminado após líder al-Baghdadi
    EUA manterão tropas na Síria para 'proteger' campos petrolíferos do acesso do Daesh
    Tags:
    comitê constitucional, Refugiados, Síria, Irã, Turquia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar