10:22 18 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Ministro das Relações Exteriores da Rússia Sergei Lavrov durante uma coletiva de imprensa

    'Ocidente se recusa a cooperar com Rússia e China na luta contra terrorismo', diz chanceler russo

    © Sputnik / Maksim Blinov
    Rússia
    URL curta
    4130
    Nos siga no

    O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, declarou nesta quarta-feira (16) que os países ocidentais se recusam a cooperar com a Rússia e a China na luta contra o uso da Internet para fins terroristas.

    "A tarefa de desenvolver abordagens sistêmicas comuns contra o uso da Internet para fins terroristas e extremistas é cada vez mais urgente; mas agora, infelizmente, existem obstáculos nesse caminho", disse Lavrov ao participar da 18ª reunião de chefes dos serviços especiais e agências de segurança dos países parceiros do Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB).

    Ele acrescentou que "os parceiros ocidentais preferem cooperar nessa área em seu círculo estreito e não querem envolver países como Rússia e China no desenvolvimento de normas e padrões para as maiores empresas de tecnologia da informação do mundo".

    "No entanto, estamos convencidos de que o bom senso prevalecerá", observou o ministro.

    O chanceler russo enfatizou também que hoje "a luta contra a ideologia extremista, incluindo o espaço da informação, é de especial importância".

    Mais:

    Papa adverte contra 'elitismo', 'crueldade' e 'individualismo extremo' no Ocidente
    Qual é a reação dos países ocidentais aos voos de observação russos?
    OTAN deve escolher entre Turquia e 'terroristas', afirma Erdogan
    Tags:
    Internet, Ocidente, terrorismo, China, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar