00:48 22 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Companhia aérea Rossiya

    Prisioneiros russos libertos por Kiev deixam Ucrânia

    CC BY-SA 2.0 / ERIC SALARD / Companhia aérea Rossiya
    Rússia
    URL curta
    1171
    Nos siga no

    O avião com os prisioneiros russos, libertos na sequência do acordo entre Moscou e Kiev, decolou do Aeroporto Internacional de Kiev-Borispol.

    Além disso, o portal Flightradar informou que o avião da companhia aérea Rossiya com prisioneiros ucranianos pousou em Kiev.

    Ao todo, 35 pessoas estão retornando à Rússia como parte do acordo, segundo a ex-ombudsman ucraniana, Nina Karpacheva. O jornalista Kirill Vyshinsky, chefe do portal RIA Novosti Ucrânia, que foi recentemente liberto por ordem judicial, também está a bordo do avião.

    Rússia e Ucrânia haviam iniciado negociações há pouco, com o objetivo de chegarem a um acordo para uma libertação simultânea de prisioneiros. Em setembro deste ano, o presidente russo, Vladimir Putin, tinha dito que a questão seria resolvida proximamente.

    Na sexta-feira (6), o advogado ucraniano Valentin Rybin afirmou que o presidente ucraniano, Vladimir Zelensky, havia perdoado os prisioneiros e que estes seriam libertos simultaneamente por Kiev e Moscou.

    Rybin também confirmou que um dos prisioneiros, Ruslan Gadzhiev, não está entre os russos libertos, já que foi excluído da lista de prisioneiros a libertar pelas autoridades ucranianas.

    Mais:

    Ucrânia estaria planejando ofensiva de larga escala contra República Popular de Donetsk
    Mãe do fotojornalista Andrei Stenin recorda perda do filho assassinado na Ucrânia
    Malásia quer criar órgão neutro para investigar queda do MH17 na Ucrânia
    Tags:
    renegociação, Negociação, avião, troca de prisioneiros, Ucrânia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar