18:22 16 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Manifestação autorizada em Moscou, 10 de agosto 2019

    Ação de protesto não autorizada reúne cerca de 750 pessoas em Moscou

    © Sputnik / Ramil Sitdikov
    Rússia
    URL curta
    421
    Nos siga no

    As manifestações voltam às ruas de Moscou hoje, 31 de agosto, em apoio aos candidatos que foram excluídos das próximas eleições municipais.

    Cerca de 750 pessoas estão participando de uma ação não sancionada no centro de Moscou, informa o serviço de imprensa do departamento de Moscou do Ministério do Interior.

    As autoridades municipais da capital não autorizaram a realização neste sábado (31) de uma ação de apoio às diversas candidaturas da oposição que foram rejeitadas de participar nas eleições municipais que irão decorrer no dia 8 de setembro.

    "Tendo em conta a ilegalidade do evento, aumenta a probabilidade de ameaças à segurança dos cidadãos, como também o risco de provocações tanto em relação aos participantes, como também em relação a outras pessoas", lê-se no comunicado.

    A prefeitura moscovita fundamentou a sua decisão explicando que neste dia na avenida Sakharov irá decorrer o festival PRO Verão, dedicado ao dia 1º de setembro, dia do começo das aulas nas escolas russas.

    Vale destacar que a prefeitura de Moscou autorizou a realização de 2 manifestações nos dias 10 e 11 de agosto na avenida Acadêmico Sakharov, no centro da cidade.

    De acordo com dados oficiais da polícia, 20 mil pessoas compareceram aos protestos. Entretanto os organizadores abandonaram a ideia de realizar a segunda manifestação que estava agendada para o dia 11 de agosto.

    No mês anterior já tinham sido levadas a cabo duas manifestações que não tinham sido sancionadas pelas autoridades da capital russa.

    Naqueles dias, a polícia deteve cerca de 1.700 pessoas por diferentes tipos de infrações à lei. O Comitê de Investigação abriu diversos inquéritos relativos a distúrbios massivos e ataques contra autoridades.

    Mais:

    Manifestantes saem à rua em Moscou em ação não autorizada (VÍDEO)
    Multas e até 10 anos de prisão: como EUA e Europa punem manifestações não autorizadas
    Tags:
    oposição, Moscou, Rússia, manifestação
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar