19:48 17 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Lançamento do míssil balístico terra-terra ATACMS, nas águas do mar do Leste, na costa da Coreia do Sul, em 5 de julho de 2017

    EUA planejavam testar mísseis banidos pelo Tratado INF muito antes da sua saída, diz chanceler russo

    © REUTERS / 8º Exército dos EUA
    Rússia
    URL curta
    6193
    Nos siga no

    Os EUA se preparavam para realizar os testes do novo míssil, que foram efetuados no domingo (18), muito antes da sua saída do Tratado INF, disse o chanceler russo Sergei Lavrov.

    Lavrov revelou que John Bolton disse, durante a sua visita a Moscou em outubro do ano passado, que as palavras do presidente dos EUA Donald Trump sobre a necessidade de desistir deste acordo não eram um convite ao diálogo, mas sim uma decisão final.

    "Isto estava sendo preparado muito antes do dia 2 de agosto, quando oficialmente expiraram os compromissos legais das partes sobre o Tratado INF", disse aos jornalistas o ministro das Relações Exteriores.

    "Aparentemente foi naquela altura, talvez até mais cedo, que eles começaram a preparar os testes que foram realizados e que violam os parâmetros que estavam no Tratado INF", acrescentou Lavrov.

    No dia 2 de agosto, os EUA anunciaram a saída unilateral do Tratado INF, que tinha sido assinado em 1987 e visava estabelecer a eliminação permanente pelos dois países (URSS e EUA, naquela altura) dos seus mísseis balísticos terrestres com alcance entre 500 e 5.500 quilômetros.

    Mais:

    EUA realizam teste de míssil banido pelo INF (VÍDEO)
    'Não permitiremos que nos envolvam na corrida armamentista': Moscou comenta teste norte-americano
    Tags:
    Ministério das Relações Exteriores, Sergei Lavrov, Rússia, Tratado INF, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar