09:35 20 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, durante conversações com homólogo japonês Taro Kono (imagem de arquivo)

    Rússia apoia realização de cúpula dos países do Ártico, diz Lavrov

    © Sputnik / Ramil Sitdikov
    Rússia
    URL curta
    120
    Nos siga no

    O ministro de Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov, disse nesta terça-feira (7) que a Rússia está aberta à mais ampla cooperação no Ártico.

    "Estamos abertos à mais ampla cooperação no Ártico, onde não há motivos para conflitos ou tentativas de recorrer à força militar para resolver os problemas", disse Lavrov na 11ª reunião ministerial do Conselho Ártico, realizada em Rovaniemi, na Finlândia.

    O ministro russo das Relações Exteriores disse que Moscou considera o Ártico "um espaço de paz, estabilidade e cooperação frutífera".

    "Essa posição é compartilhada por todos os nossos parceiros no Conselho do Ártico, e nisso vemos a garantia do desenvolvimento efetivo do Extremo Norte, porque os Estados do Ártico são responsáveis por tudo o que acontece lá", disse Lavrov.

    Ele lembrou que o objetivo estratégico continua sendo assegurar o desenvolvimento da região em três aspectos: econômico, ecológico e social.

    "Nós presumimos que o desenvolvimento econômico do Ártico deve ser realizado de acordo com os mais elevados padrões ecológicos e respeitar os interesses dos residentes locais, incluindo os povos indígenas", disse o ministro russo.

    Lavrov disse que Moscou apoia a ideia de realizar uma cúpula dos países do Ártico, que fazem parte do chamado Conselho do Ártico.

    "A Rússia apoia a ideia da cúpula de Estados do Ártico", comentou o chefe de Relações Exteriores da Rússia.

    O Conselho do Ártico é constituído por oito países da região: Canadá, Dinamarca, Finlândia, Islândia, Noruega, Rússia, Suécia e Estados Unidos.

    Tags:
    Conselho do Ártico, Sergei Lavrov, Ártico, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar