10:58 18 Setembro 2019
Ouvir Rádio
    Um Airbus A320 da Aeroflot decola de aeroporto internacional de Sheremetievo.

    Comitê de Investigação: há ao menos 13 mortos após incêndio em avião no aeroporto de Moscou

    © Sputnik / Maksim Blinov
    Rússia
    URL curta
    111
    Nos siga no

    O Sukhoi Superjet 100 teve que fazer um pouso de emergência no aeroporto de Moscou Sheremetyevo, em decorrência de uma falha elétrica que acabou por incendiar a aeronave. A companhia aérea russa Aeroflot confirmou que o fogo foi extinto, mas há vítimas fatais.

    O Comitê de Investigação russo confirmou neste domingo que pelo menos 13 pessoas, incluindo duas crianças, morreram em um incêndio que explodiu a bordo de uma aeronave da Aeroflot Sukhoi Superjet 100, pouco depois de decolar do Aeroporto Internacional de Sheremetyevo, em Moscou.

    O voo SU1492 de Moscou-Murmansk levava 78 pessoas a bordo e retornou ao aeroporto.

    "A investigação atualmente tem conhecimento de 13 pessoas mortas, incluindo duas crianças", disse a representante oficial do Comitê de Investigação russo, Svetlana Petrenko.

    O fogo acabou destruindo metade da aeronave. A companhia aérea russa Aeroflot confirmou que o incêndio foi extinto.

    Uma comissão foi criada para investigar as causas e as circunstâncias do incidente. A sede da Aeroflot foi prontamente informada da decisão, diz a declaração.

    Tags:
    Aeroporto Internacional de Sheremetyevo, Comitê de Investigação russo, Aeroflot, Svetlana Petrenko, Murmansk, Moscou
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar