19:55 16 Julho 2019
Ouvir Rádio
    Manifestante com a bandeira venezuelana

    'Situação na Venezuela não representa ameaça à segurança', diz embaixador russo na ONU

    © REUTERS / Carlos Garcia Rawlins
    Rússia
    URL curta
    490

    O representante permanente da Rússia na ONU, Vasily Nebenzya, declarou que nesta quarta-fera (10) que a situação na Venezuela não representa uma ameaça à paz e segurança.

    Anteriormente, o vice-presidente norte-americano, Mike Pence, havia declarado que os EUA iriam alocar adicionalmente US$ 60 milhões para assistência humanitária à Venezuela. Ao mesmo tempo, ele confirmou que os Estados Unidos continuarão a exercer pressão diplomática e econômica sobre as autoridades venezuelanas.

    "Hoje estamos testemunhando outro episódio de um drama de ações múltiplas em uma tentativa de mudar o regime na Venezuela. A situação na Venezuela não representa uma ameaça à paz e à segurança internacional. Mas os atores externos ameaçam diretamente a paz e a segurança da Venezuela", disse Nebenzya em uma reunião do Conselho de Segurança da ONU dedicada à crise no país sul-americano. 

    A grave crise econômica e política na Venezuela se gravou desde 23 de fevereiro deste ano, quando o líder da oposição do país, Juan Guaidó, se autoproclamou presidente interino da Venezuela. 

    Vários países, inclusive o Brasil, os EUA e a União Europeia, reconheceram Guaidó. Por sua vez, a Rússia, China, Turquia e vários outros apoiaram Maduro como o presidente legítimo. 

    Mais:

    Chanceler cubano acusa EUA de estarem por trás da decisão da OEA contra Venezuela
    Análise: Venezuela está resistindo eficazmente à expansão norte-americana
    Relatos: novo apagão atinge Venezuela (FOTO, VÍDEO)
    Invasão na Venezuela poderia levar à crise política no Brasil, avisa analista
    Tags:
    crise, paz, segurança, Vassily Nebenzia, EUA, Rússia, Venezuela
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar