12:39 26 Abril 2019
Ouvir Rádio
    O Pentágono pode em breve ser proibido de usar satélites de clima russos e chineses

    Satélites dos EUA se aproximaram repetidamente do aparato militar da Rússia e China

    © flickr.com/ NASA Goddard Space Flight Center
    Rússia
    URL curta
    7740

    Os satélites espiões militares dos EUA (GSSAP) voaram secretamente repetidas vezes perto dos aparatos espaciais militares e civis russis e chineses para realizar inspeção.

    A informação foi divulgada por um relatório sobre os sistemas mundiais de defesa espacial, lançado pela US Secure World Foundation.

    Entre 2014 e 2016, os EUA lançaram quatro satélites no âmbito do programa GSSAP para monitorar e controlar o espaço exterior para a Força Aérea dos EUA.

    De acordo com dados oficiais, os satélites desta rede de vigilância estão localizados próximos da órbita geoestacionária a uma altitude de mais de 35 mil quilômetros e vigiam outros satélites com o uso de equipamentos óptico-eletrônicos.

    “Embora os militares dos EUA não forneçam dados públicos sobre os locais ou manobras dos satélites GSSAP, outras fontes de dados de rastreamento indicam que eles são muito ativos na região geoestacionária”, diz o relatório.

    Mais:

    Rússia é capaz de rastrear a maioria dos satélites estrangeiros em órbita
    Rússia registra movimentos intensos de satélites militares americanos
    Rússia põe em órbita 3 novos satélites militares (VÍDEO)
    Rússia quer criar sistema de satélites para vigiar 'qualquer processo na Terra'
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar