03:38 13 Dezembro 2019
Ouvir Rádio
    Vista de Moscou, capturada do telhado de um dos centros comerciais no centro da cidade

    Manifestantes marcham em Moscou contra isolamento da Internet na Rússia (VÍDEO)

    © Sputnik / Vladimir Astapkovich
    Rússia
    URL curta
    19208
    Nos siga no

    Aproximadamente 10 mil pessoas saíram às ruas de Moscou no âmbito de uma ação contra quaisquer possíveis restrições que podem ser introduzidas a fim de isolar a Internet na Rússia da rede global.

    A marcha, que começou no domingo (10) às 14h (08h, horário em Brasília) em uma das principais avenidas de Moscou, foi organizada pelo Partido Libertário da Rússia e pela Comunidade de Proteção da Internet russa.

    Conforme dados da assessoria do Departamento de Segurança Regional e Combate à Corrupção de Moscou, a marcha foi autorizada pelas autoridades. A manifestação que, segundo dados oficiais, conta com 10 mil participantes, está marcada para decorrer desde as 14h até às 16h (das 08h às 10h no horário em Brasília).

    A decisão de realizar esta ação foi tomada por causa da "Lei de Klishas", proposta pelo senador russo Andrei Klishas. A lei prevê criar na Rússia uma "Internet soberana", isolada da rede global.

    Segundo asseguram os organizadores da manifestação, os senadores planejam aumentar o controle sobre o setor da Internet russo e excluir conteúdo indesejado.

    Na sequência, a ação tem como objetivo preservar a liberdade de informação, bem como o espaço livre da Internet ao qual todas as pessoas têm acesso.

    Mais:

    'Coletes amarelos' voltam às ruas e protestos chegam ao quinto mês consecutivo
    Dia da Mulher terá protestos em todo o país por direitos e contra Reforma da Previdência
    Coletes amarelos saem às ruas pela 15ª semana de protestos
    Ao menos 20 palestinos ficam feridos durante protestos em Gaza
    Tags:
    senadores, lei, Internet, liberdade de informação, marcha, ação, protestos, Moscou, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar