09:54 28 Setembro 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    039
    Nos siga no

    Cerca de 6 mil pessoas participaram neste domingo de uma passeata autorizada em memória do opositor russo Boris Nemtsov, no centro de Moscou, informou a Direção Geral do Ministério do Interior russo.

    O pedido de autorização para a marcha foi protocolado ainda no início de fevereiro.

    A marcha passou pelas avenidas Strastnoy, Petrovsky, Rozhdestvensky e Sretensky até a Sakharov. O grupo foi conduzido por líderes partidários e organizações políticas, com segurança realizada pela Guarda Nacional Russa.

    ​A marcha em memória de Nemtsov foi conduzida sem violações e ninguém foi detido, disse uma porta-voz do Departamento de Segurança Regional e Anticorrupção de Moscou, Elena Romanova, à Sputnik.

    ​Nemtsov ocupou vários altos cargos no governo russo nos anos 90 e tornou-se uma importante figura da oposição nos anos 2000. Aguerrido opositor do presidente Vladimir Putin, ele foi preso em 2007, 2010 e 2011 acusado de conduzir protestos sem autorização.

    Em 27 de fevereiro de 2015, a dois dias de participar de um protesto contra a guerra na Ucrânia, Nemtsov foi morto a tiros a poucos metros do Kremlin enquanto caminhava com a parceira, Anna Duritskaya.

    Cinco russos da Chechênia foram acusados de participação no assassinato. O atirador seria um ex-oficial da força de segurança do líder checheno Ramzan Kadyrov. Os acusados receberam penas de prisão que variam entre 11 e 20 anos.

    Tags:
    Rússia, Ucrânia, Chechênia, Avenida Strastnoy, Avenida Petrovsky, Avenida Rozhdestvensky, Avenida Sretensky, Vladimir Putin, Boris Nemtsov, Ramzan Kadyrov, Elena Romanova, Anna Duritskaya, Kremlin, Departamento de Segurança Regional e Anticorrupção de Moscou, Guarda Nacional Russa
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar