22:51 24 Abril 2019
Ouvir Rádio
    O cientista Anatoly Bonert trabalha em um relógio atômico de magnésio em Novosibirsk, na Rússia, em 8 de junho de 2015.

    Pontualidade russa: cientistas da Rússia constroem relógios atômicos de ultraprecisão

    Alexander Lukin
    Rússia
    URL curta
    1100

    Um grupo de cientistas russos está trabalhando na criação de relógios atômicos ópticos para liberar o potencial total da economia digital do país, disse a assessoria de imprensa do Instituto Russo de Pesquisa Científica e Metrologia Radiotécnica (VNIIFTRI) à Sputnik, nesta sexta-feira (8).

    "O novo aparelho do instituto será basicamente a segunda geração de relógios ópticos. Nossa principal tarefa é a de criar dispositivos e elementos mantendo o tempo com a precisão mais alta, e que seria usado na infraestrutura da economia digital de nosso país", disse Sergei Donchenko, diretor-geral do VNIIFTRI, conforme citado pela assessoria de imprensa.

    Ele ressaltou que os cientistas do Instituto VNIIFTRI estão desenvolvendo também um modelo separado e compacto dos relógios atômicos que podem ser transportados.

    De acordo com Donchenko, os projetos desenvolvidos pelo instituto "ajudam a Rússia a garantir um lugar na lista de países de liderança tecnológica no mundo".

    Os relógios atômicos trabalham à base de átomos resfriados de estrôncio. Os cientistas garantem que o relógio passaria bilhões de anos sem atrasar.

    Mais:

    Rússia nunca tomará decisões 'por ordens' de outros países, garante Lavrov
    Rússia diz que Israel deve interromper ataques contra Síria
    Rússia planeja desenvolver 30 tipos de armas usando supercomputadores
    EUA violaram Tratado INF por anos, mas Rússia propõe manutenção do acordo, diz ministério
    Tags:
    relógio atômico, VNIIFTRI, Sergei Donchenko, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar