21:46 20 Novembro 2019
Ouvir Rádio
    Aeronave da Marinha dos EUA, P-8A Poseidon (foto de arquivo)

    Defesa russa: Su-27 levantou voo para interceptar avião de vigilância dos EUA (VÍDEO)

    © AFP 2019 / CARL COURT / AFP
    Rússia
    URL curta
    8283
    Nos siga no

    O Ministério da Defesa russo comunicou nesta segunda-feira (28) que um avião russo Su-27 levantou voo para interceptar uma aeronave de vigilância norte-americana P-8 Poseidon sobre o mar Báltico.

    O ministério não detalhou quando teve lugar o incidente. Primeiro, o sistema de defesa antiaérea russo detectou sobre as águas neutrais do mar Báltico "um alvo aéreo se aproximando da fronteira nacional da Rússia".

    "Para interceptar o alvo, foi colocado no ar um caça Su-27 das unidades de defesa aérea. A tripulação do caça russo se aproximou a uma distância segura do objeto aéreo, identificando-o como um avião de vigilância P-8A Poseidon da Força Aérea dos EUA", de acordo com o comunicado do Ministério da Defesa.

    Segundo o ministério, com a aproximação do Su-27 o avião norte-americano se distanciou da fronteira da Rússia. Na sequência, o caça da Força Aeroespacial da Rússia voltou à base.

    Anteriormente, em 25 de janeiro, várias aeronaves de vigilância foram detectadas perto da fronteira russa, próximo da Crimeia e de Kaliningrado, segundo dados de recursos de monitoramento.

    Ultimamente, as atividades de aeronaves de reconhecimento estrangeiras, em particular de drones norte-americanos, têm aumentado. O Ministério da Defesa russa pediu aos EUA para desistirem de tais operações, contudo, o Pentágono respondeu rejeitando o pedido.

    Mais:

    EUA estão dispostos a debater com a Rússia situação na Venezuela
    Planos dos EUA para guerras espaciais são reais, alerta ministério da Rússia
    EUA veem Rússia como 'parte vital' para a desnuclearização da Coreia do Norte
    Tags:
    avião de reconhecimento, vigilância, Su-27, P-8A Poseidon, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar