22:48 27 Fevereiro 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    0 70
    Nos siga no

    A Rússia protegerá os interesses de seus cidadãos que vivem nas disputadas ilhas Curilas. Quem afirma é o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, após as negociações de alto nível de segunda-feira sobre o tratado de paz com o Japão.

    "Não há como prejudicar os interesses de nossos cidadãos que vivem nas ilhas Curilas", disse Dmitry Peskov em entrevista concedida à mídia russa nesta quarta-feira.

    De acordo com Peskov, o presidente russo, Vladimir Putin, e o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, concordaram em encontrar termos que seriam aceitáveis para as pessoas dos dois países.

    Moscou e Tóquio encerraram seu engajamento na Segunda Guerra Mundial sem um tratado formal de paz e essa situação não mudou desde então, devido às antigas reivindicações de quatro ilhas Curilas, referidas no Japão como "Territórios do Norte".

    O Ministério de Relações Exteriores da Rússia convocou o embaixador japonês na semana passada para expressar suas preocupações sobre o que chamou de "distorção grosseira" da natureza dos acordos recentes entre os líderes das duas nações.

    Mais:

    Ações dos EUA no Japão criam riscos à segurança da Rússia e China, alerta Lavrov
    Tensão elevada: Rússia critica Japão por 'distorcer' informações sobre Ilhas Curilas
    Tratado de Paz com a Rússia beneficia os EUA, diz premiê do Japão
    Tropas dos EUA no Japão não ameaçam a Rússia, afirma premiê japonês
    Tags:
    território, fronteira, Segunda Guerra Mundial, Dmitry Peskov, Ilhas Curilas, Japão, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar