12:19 16 Junho 2019
Ouvir Rádio
    Lançamento de foguete portador Soyuz-FG transportando a nave Soyuz MS-04 do cosmódromo de Baikonur

    Espaçonave russa Soyuz quebrará recordes em 2019

    © Sputnik / Aleksei Filippov
    Rússia
    URL curta
    4251

    Em 2019, a espaçonave russa Soyuz fará missões de duração recorde à Estação Espacial Internacional (EEI). A informação foi revelada à Sputnik por uma fonte da indústria aeroespacial da Rússia.

    As missões operadas pela espaçonave na EEI devem ultrapassar os 200 dias, chegando a 7 meses de duração.

    "A Soyuz MS-12 será lançada no dia 1º de março e voltará no dia 3 de outubro com uma missão de duração de 216 dias. A Soyuz MS-13 será lançada no dia 6 de julho e voltará no dia 6 de fevereiro de 2020, com uma duração da missão de duração de 215 dias", disse a fonte anônima.

    A duração da missão mais longa em direção à EEI foi de 215 dias, de acordo com a fonte. A missão foi realizada entre 2006 e 2007.

     

    Mais:

    Número de mortos em desabamento na Rússia sobe para 37
    Mísseis Iskander-M equiparão todas as forças da Rússia em 2019, diz ministério
    México e Rússia têm interesse mútuo em realizar visitas presidenciais
    Tropas dos EUA no Japão não ameaçam a Rússia, afirma premiê japonês
    Tags:
    missão espacial, exploração espacial, Soyuz MS-13, Soyuz MS-12, Soyuz, Estação Espacial Internacional, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar