17:05 16 Outubro 2019
Ouvir Rádio
    Usuário com um smartphone (imagem referencial)

    Temendo espionagem russa, Bélgica proíbe que militares usem smartphones pessoais

    © Foto / Pixabay
    Rússia
    URL curta
    406
    Nos siga no

    Militares belgas envolvidos em missões militares da Otan nos Estados bálticos serão proibidos em breve de usar smartphones pessoais por causa de preocupações sobre possíveis atividades de espionagem, inclusive por parte da Rússia, informou a emissora VRT.

    A VRT informou, citando o Chefe de Divisão de Operações do Departamento de Defesa da Bélgica, Gen. Carl Gillis, que a Defesa Belga decidiu endurecer as regras sobre o uso de smartphones pelos militares, já que os serviços de geolocalização de alguns aplicativos móveis podem fornecer informações confidenciais sobre bases militares ou soldados.

    Segundo Gillis, a Rússia está interessada em obter esse tipo de dados de geolocalização. Ele também enfatizou que o Ministério da Defesa da Bélgica, em comparação com as forças armadas do Reino Unido, não tem fundos suficientes para fornecer seus telefones e laptops descartáveis a seus militares.

    A OTAN tem impulsionado sua presença militar na Europa, particularmente nos estados bálticos, desde o início da crise ucraniana, citando a suposta interferência da Rússia no conflito como justificativa para a mudança. Moscou negou repetidas vezes as alegações de envolvimento no conflito ucraniano.

    Tags:
    OTAN, Divisão de Operações do Departamento de Defesa da Bélgica, Ministério da Defesa da Bélgica, Carl Gillis, Europa, Bélgica, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik
    • Comentar