02:31 10 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Porta-voz do presidente russo, Dmitry Peskov

    Kremlin: EUA ainda não notificaram Rússia sobre saída de tratado de mísseis intermediários

    © Sputnik / Sergei Guneev
    Rússia
    URL curta
    643

    Os Estados Unidos ainda não notificaram formalmente à Rússia sobre uma possível retirada do Tratado de Forças Nucleares de Alcance Intermediário (INF), informou nesta segunda o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov.

    "De qualquer forma, nós consideraríamos a mudança, digamos, um grande erro", disse Peskov a repórteres.

    Ele também observou que os Estados Unidos ainda não haviam notificado a Rússia sobre a retirada, acrescentando que, caso a retirada ocorresse, a Rússia não teria que tomar medidas similares para terminar o tratado.

    Quando convidado a comentar a declaração do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a possibilidade de negociações com os russos e chineses sobre a suspensão da corrida armamentista, Peskov disse que Moscou acolherá ações reais de Washington nesse sentido.

    O Tratado INF foi assinado pela União Soviética e pelos Estados Unidos em 1987 e proibiu qualquer país de possuir, produzir ou testar mísseis balísticos e de cruzeiro lançados do solo com um alcance entre 500 e 5.500 km. O texto tinha como objetivo principal reduzir a ameaça de guerra nuclear na Europa.

    Autoridades russas têm reafirmado o caráter perigoso que uma possível retirada americana do tratado poderia ter. Moscou advertiu que um movimento do tipo poderia arrastar "regiões inteiras do mundo para uma corrida armamentista", acrescentando que a Rússia está preparada para esclarecer e resolver problemas que os Estados Unidos tenham com o tratado.

    Tags:
    Tratado INF, União Soviética, Donald Trump, Rússia, Washington, Europa, Estados Unidos
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik