16:55 14 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Soldado norte-americano, à esquerda, sentado em veículo blindado perto da tensa linha de frente entre o Conselho Militar de Manbij, apoiado pelos EUA, e os combatentes apoiados pelos turcos, em Manbij, norte da Síria, 4 de abril de 2018

    Síria acusa os EUA de apoiar terrorismo com ataques ao seu exército

    © AP Photo / Hussein Malla
    Rússia
    URL curta
    8100

    O Ministério das Relações Exteriores sírio declarou que a coalizão internacional liderada pelos EUA voltou a demonstrar seu apoio aos terroristas, lançando um ataque com mísseis contra o exército sírio.

    Anteriormente, um canal de televisão estatal da Síria, citando uma fonte militar do país, revelou que as forças da coalizão internacional liderada pelos EUA lançaram vários mísseis em 2 de dezembro contra posições militares sírias na região de Gurab.

    "Este ataque é parte da política desta coalizão liderada pelos EUA, há dados que confirmam o apoio da coalizão a organizações terroristas, principalmente o Daesh [proibido na Rússia e em uma série de países]", diz a diplomacia do país árabe.

    A Síria vive desde março de 2011 um conflito no qual as tropas do governo enfrentam facções armadas da oposição e grupos terroristas.

    Os EUA intervieram no conflito sírio em setembro de 2014, liderando uma coalizão internacional com operações de bombardeios contra posições de grupos terroristas sem o consentimento de Damasco.

    Mais:

    'É por inveja': analista comenta reação dos EUA às entregas de S-300 à Síria
    EUA advertem Rússia sobre risco de novos incidentes no espaço aéreo da Síria
    Analistas explicam para que EUA erguerão postos de observação no norte da Síria
    EUA teriam enviado 300 caminhões com armas e equipamento blindado a aliados na Síria
    Tags:
    terrorismo, Daesh, Rússia, Síria, EUA
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik