23:19 17 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Soyuz MS-10

    Investigadores russos identificam responsáveis pela falha no lançamento do foguete Soyuz

    © Sputnik / Alexey Filippov
    Rússia
    URL curta
    190

    Membros da comissão de investigadores da Roscosmos identificaram os prováveis responsáveis pelos danos causados a um dos dispositivos sensores a bordo do foguete Soyuz-FG, o que poderia ter levado ao lançamento fracassado da nave, uma fonte no centro espacial de Baikonur disse à Sputnik nesta quinta-feira.

    "A responsabilidade de certos funcionários está sendo estabelecida. Os responsáveis ​​[pelo incidente] não são apenas aqueles que fizeram algo errado, mas também seus gerentes e supervisores, cuja tarefa era evitar qualquer ação errada", disse a fonte.

    No início do dia, uma fonte no espaçoporto disse à Sputnik que a comissão estadual que investigava o incidente tendia a acreditar que um "erro não intencional" ocorreu durante a montagem do foguete transportador no Cosmódromo de Baikonur. No entanto, a fonte acrescentou que ainda era "uma questão em aberto por que o erro não havia sido notado pelos inspetores".

    A fonte acredita que essa versão seria a mais favorável para a corporação espacial russa Roscosmos e para o Space Rocket Center Progress, acrescentando que, neste caso, a permissão para retomar os lançamentos de foguetes seria concedida em breve.

    Lançamentos de foguetes transportadores Soyuz foram suspensos após o acidente de 11 de outubro, durante o lançamento de um veículo de lançamento Soyuz-FG transportando a nave Soyuz MS-10 com dois novos tripulantes da Estação Espacial Internacional (ISS) a bordo.

    Uma fonte da indústria espacial russa disse à Sputnik no início da semana que a comissão tiraria suas conclusões finais sobre as causas do incidente até o dia 20 de outubro.

    Tags:
    Soyuz-FG, Cosmódromo de Baikonur, Space Rocket Center Progress, Estação Espacial Internacional, Sputnik, Baikonur
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik