22:58 09 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Lançamento do foguete-portador Soyuz-FG transportando a nave espacial tripulada Soyuz MS-09 a partir do cosmódromo de Baikonur (foto de arquivo)

    Foguete portador da Soyuz sofre falha durante lançamento; tripulação sobrevive (VÍDEO)

    © Sputnik / Aleksei Filippov
    Rússia
    URL curta
    12420

    Nesta quarta-feira (11), durante o lançamento da espaçonave Soyuz MS-10 com a nova tripulação da EEI, ocorreu um acidente com o portador, anunciou o locutor da transmissão do lançamento ao vivo.

    A bordo da espaçonave estão os membros da missão da EEI-57/58: o cosmonauta russo Aleksei Ovchinin e o astronauta norte-americano Nick Hague.

    De acordo com uma fonte da Sputnik familiarizada com a situação, a tripulação fez um pouso de emergência no território do Cazaquistão e conseguiu entrar em contato. 

    Comunica-se que o acidente ocorreu depois da separação do primeiro estágio do portador, quando o segundo estava operando.  

    O locutor da transmissão ao vivo do site da NASA comunciou que foram enviadas equipes de busca e resgate para o local do suposto pouso da espaçonave. 

    "Foram enviados helicópteros para o local [do suposto pouso]. Nós continuamos recebendo informações de nossos parceiros russos", disse o locutor.

    A NASA detalhou que os helicópteros demorarão cerca de uma hora e meia para chegar ao local de pouso.

    Segundo a fonte da Sputnik, a tripulação da Soyuz está passando por sobrecargas de 6g. Geralmente, durante o lançamento, os astronautas sofrem sobrecargas entre 1 e 7g.  

    Os astronautas comunicaram que estão se sentindo bem "na medida do possível".

    "A tripulação se sente bem na medida do possível depois de tanta sobrecarga. As equipes de busca e resgate ainda não chegaram ao local, mas mantêm contato com a tripulação", informou a fonte.

    Depois do acidente com a Soyuz, todos os lançamentos tripulados da Rússia foram suspensos, acrescentou. 

    Por causa do acidente, a tripulação da EEI pode ser limitada a três pessoas por um período indefinido. 

    Para esclarecer os motivos do acidente, foi criada uma comissão especial que já está recolhendo informações. As causas preliminares da ocorrência podem vir à tona muito em breve. 

    A fonte recordou que a última vez que ocorreu uma situação semelhante com uma Soyuz foi em 23 de setembro de 1983, com os cosmonautas soviéticos Vladimir Titov e Gennady Strekalov.

    Os veículos de busca e resgate já chegaram ao local de pouso da cápsula com os astronautas. Segundo os médicos, os tripulantes não sofreram traumas. 

    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik