21:32 16 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Policiais investigando o caso do ex-espião russo Sergei Skripal, em Salisbury (Inglaterra), 13 de março de 2018

    Putin: Skripal é um canalha, quanto mais rápido campanha informacional terminar, melhor

    © AP Photo /
    Rússia
    URL curta
    8190

    Durante seu discurso nesta quarta-feira (3), em uma sessão plenária da Semana Energética Russa, em Moscou, o presidente russo Vladimir Putin afirmou que Sergei Skripal é simplesmente um "espião e traidor da Pátria", e não um defensor dos direitos humanos.

    "Quanto aos Skripal, etc., é mais um escândalo de espionagem empolado. Eu vejo algumas fontes de informação, seus colegas promovem a ideia de que este senhor Skripal é quase um defensor dos direitos humanos. É um simples espião, traidor da Pátria", frisou Putin no decorrer da sessão.

    As palavras do presidente foram apoiadas por uma salva de palmas.

    O presidente russo chamou o próprio Sergei Skripal de "canalha".

    "Imaginem: você é cidadão de seu país, e aí surge uma pessoa que trai seu país. Como iriam tratá-la? É um canalha, só isso", assinalou Putin. 

    Comentando a campanha informacional em torno do ex-expião, ele disse: "Acho que isso vai acabar um dia, espero que termine, quanto mais rápido terminar, melhor", frisou.

    Na cidade britânica de Salisbury, no dia 4 de março, foram envenenados Sergei Skripal e sua filha Yulia, o que provocou um escândalo internacional. As autoridades do Reino Unido responsabilizam o governo russo de envolvimento no envenenamento, enquanto Moscou vem desmentindo categoricamente todas as acusações. 

    No dia 5 de setembro, a Procuradoria do Reino Unido acusou dois cidadãos russos, Aleksandr Petrov e Ruslan Boshirov, de terem cometido quatro crimes, inclusive tentativa de assassinato dos Skripal e de um agente policial britânico, indicando que os dois seriam funcionários da GRU.

    Em entrevista à editora-chefe do RT e da Sputnik Margarita Simonyan, os "suspeitos" disseram ter visitado o Reino Unido como turistas, desmentindo seus laços com serviços especiais.

    Mais:

    Kremlin: Putin pode provar que suspeito de envenenar Skripal é civil
    Kremlin: 'suspeitos' de envenenamento de Skripal não têm nada a ver com Putin
    Moscou: Londres mente sobre suspeitos de envenenar Skripal
    Tags:
    espião, Sergei Skripal, Vladimir Putin, Reino Unido, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik