00:15 18 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    Presidente da Rússia, Vladimir Putin, e presidente da China, Xi Jinping, em maio de 2014

    Rússia e China podem chegar a US$ 200 bilhões no comércio bilateral

    © AP Photo / Carlos Barria
    Rússia
    URL curta
    5200

    O governo russo afirmou nesta quarta-feira (26) que planeja aumentar o comércio bilateral com a China para US$ 200 bilhões até 2024. O comércio bilateral com a Índia também deve crescer, e chegar a US$ 30 bilhões no mesmo período.

    "O volume do comércio bilateral entre a Rússia e a China deve crescer para US$ 200 bilhões […]. O volume de comércio bilateral entre a Rússia e a Índia deve subir para US$ 30 bilhões", disse o governo em um comunicado.

    O documento acrescentou ainda que o investimento chinês na economia da Rússia deve aumentar para US$ 15 bilhões.

    O comunicado também faz previsões sobre a atividade comercial com outras regiões. Segundo divulgado, o volume de comércio entre a Rússia e os países do Oriente Médio e Norte da África deve chegar a US$ 50 bilhões, enquanto o volume do comércio da Rússia com os países da África Subsaariana deve crescer para US$ 7 bilhões.

    Destaca-se também o planejamento para aumentar o comércio com a América Latina a Rússia pretende atingir a cifra de US$ 20 bilhões nas trocas comerciais.

    Dados oficiais do governo apontam que comércio entre Rússia e China cresceu 20,8% em 2017, atingindo o patamar de US$ 84 bilhões naquele ano.

    Mais:

    Navios de guerra do Japão e Reino Unido fazem exercícios na mar do Sul da China
    China nega as acusações de Trump de que país tentou interferir nas eleições dos EUA
    China aposta na cooperação com Rússia para deixar EUA e sanções para trás
    Tensão entre China e EUA dá sinais no setor militar
    Japão ordena produção de nova arma para proteger ilhas disputadas da China
    Tags:
    comércio bilateral, Índia, América Latina, Oriente Médio, África, Rússia, China
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik