14:46 30 Julho 2021
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    5315
    Nos siga no

    A Marinha da Ucrânia declarou que a Rússia alegadamente criou "incidentes perigosos" quando dois navios ucranianos estavam atravessando o estreito de Kerch.

    Segundo destaca o comunicado na página oficial da entidade militar no Facebook, durante a recente passagem de navios ucranianos por águas do estreito, estes foram escoltados pelos navios de guerra russos Priazovie, Ametist e Don. Ademais, no próprio estreito de Kerch a escolta foi aumentada com mais de uma dezena de lanchas e navios do FSB (Serviço Federal de Segurança) e da Frota do Mar Negro.

    De acordo com a Marinha ucraniana, as Forças Armadas da Rússia criaram uma série de "incidentes perigosos". Em particular, o navio de reconhecimento russo Priazovie alegadamente aproximou-se demasiado de um navio ucraniano, ficando a apenas 440 metros de distância, o que violou as regras internacionais e criou uma situação perigosa.

    Ao mesmo tempo, o comunicado indica que um caça russo Su-27 criou "condições para uma situação de acidente no ar", aproximando-se de um An-26 da Força Aérea da Ucrânia a uma distância arriscada.

    Na véspera, os navios ucranianos Donbass e Korets passaram ao longo da costa da Crimeia, entrando na zona econômica exclusiva da Rússia. Segundo informa a mídia, ambos os navios saíram do porto em Odessa e dirigem-se para o mar de Azov. No domingo (23), os navios navegaram através do estreito de Kerch.

    No entanto, de acordo com o Serviço de Fronteiras russo da região, os navios ucranianos foram escoltados "em concordância com as normas do direito marítimo internacional e com os interesses de segurança da Federação da Rússia".

    Mais:

    Marinha ucraniana efetua exercícios militares no mar Negro
    Segurança de quem EUA e Geórgia pretendem garantir efetuando manobras no mar Negro?
    Mais um navio de guerra da Marinha americana entra no mar Negro (FOTO)
    Marinha russa efetua lançamentos de mísseis Kalibr no mar Negro
    'Causa tensões': analista militar critica entrada de destróier americano no mar Negro
    Tags:
    Rússia, Crimeia, mar Negro, Estreito de Kerch, Serviço Federal de Segurança (FSB), Marinha da Ucrânia, perigo, escolta, navios de guerra, incidente
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar