23:29 17 Outubro 2018
Ouvir Rádio
    O embaixador da Rússia nos EUA, à época ministro da Defesa da Rússia, Anatoly Antonov, fala em um briefing no Ministério da Defesa em Moscou (foto de arquivo)

    EUA sancionam 33 pessoas e entidades ligadas à inteligência e defesa da Rússia

    Rússia
    URL curta
    7210

    Os EUA acrescentaram 33 pessoas e entidades à sua lista negra dos setores de Defesa e Inteligência da Rússia nesta quinta-feira (20). A informação foi divulgada pelo Departamento do Tesouro.

    "O Secretário de Estado está adicionando 33 indivíduos, tanto indivíduos como entidades, à Seção 231 da lei norte-americana sobre sanções [CAATSA] por fazer parte, ou estar operando para, ou em nome dos setores de defesa e inteligência do governo russo", afirma o texto.

    A porta-voz do Departamento de Estado, Heather Nauert, disse que o governo dos EUA continuará aplicando a Lei de Combate aos Adversários dos EUA por meio de sanções (CAATSA) e pede que outros países suspendam seus contatos com os setores de inteligência e defesa Russa.

    "Continuaremos a aplicar vigorosamente a CAATSA e instamos todos os países a restringir as relações com os setores de defesa e inteligência da Rússia que estão ligados a atividades malignas em todo o mundo", acrescenta a nota. 

    O chefe da diretoria principal da inteligência russa Igor Krobov está na lista de sanções, bem com a empresa russa fabricante de aeronaves Sukhoi. 

    Mais:

    EUA adotam sanções contra China pela compra de armamentos russos
    Trump dá poderes ao Tesouro dos EUA para impor sanções contra Rússia
    Rússia usará sanções do Conselho de Segurança para combater Daesh no Afeganistão
    Rússia: EUA controlaram Conselho de Segurança da ONU com sanções contra Coreia do Norte
    Tags:
    inteligência, defesa, sanções, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik