04:50 13 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Russian Foreign Minister Sergei Lavrov during talks with Japanese сcounterpart Taro Kono and Japanese Defense Minister Itunori Onodara in the 2 + 2 format.

    Rússia fará de tudo para evitar vítimas civis em Idlib, diz chanceler

    © Sputnik / Ramil Sitdikov
    Rússia
    URL curta
    390

    O ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov, declarou nesta sexta-feira (14) que a Rússia fará de tudo para evitar vítimas civis e que criará corredores humanitários na cidade síria de Idlib.

    "Faremos tudo para que a população civil não seja afetada. Não vamos agir como coalizão agiu em Mosul, no Iraque, e em Raqqa, na Síria, quando não foi feita nem conversa com a oposição armada e nem criação de corredores humanitários", disse.

    Lavrov acrescentou que uma suposta ofensiva das Forças Armadas contra a província de Idlib, no noroeste do país, não corresponde à realidade.

    "O que agora é muitas vezes apresentado como o início da ofensiva das tropas sírias com o apoio da Rússia é uma interpretação distorcida dos fatos: tanto as forças sírias como nós estamos apenas reagindo a incursões vindas de Idlib", disse ele na sessão plenária do Fórum Russo-Alemão em Berlim.

    Lavrov aproveitou para informar que o presidente russo, Vladimir Putin, e seu colega turco, Recep Tayyip Erdogan, discutirão a situação em Idlib da Síria na próxima segunda-feira (17).

    "No dia 17 de setembro […] haverá outra reunião entre o presidente Putin e o presidente Erdogan. Eles discutiram a questão da zona de desestabilização para minimizar os riscos para a população civil em Teerã em 7 de setembro. Agora estamos em diálogo com o governo. O lado turco no nível de diplomatas e oficiais militares, e os presidentes vão analisar este assunto na segunda-feira", completou.

    Tags:
    civis, vítimas, Idlib, Síria, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik