04:02 23 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Fotografias dos jornalistas russos Kirill Radchenko, Aleksandr Rastorguev e Orkhan Dzhemal assassinados na República Centro-Africana

    Após morte de repórteres na África, agência de mídia russa fecha as portas

    © Sputnik/ Yevgenia
    Rússia
    URL curta
    112

    Uma agência de mídia investigativa russa que enviou três jornalistas à República Centro-Africana anunciou nesta quarta-feira (29) que está fechando as portas.

    O Centro de Controle de Investigação, a Tsur, admitiu que Orkhan Dzhemal, Kirill Radchenko e Alexandr Rastorguyev estavam em uma missão organizada privada para filmar um documentário sobre instrutores militares russos quando foram mortos em uma emboscada em 30 de julho deste ano.

    O Ministério do Exterior russo disse que nunca fez segredo sobre a presença militar russa no país. A Rússia abriu uma investigação criminal sobre um suspeito supostamente relacionado aos assassinatos.

    "Não há mais Tsur", anunciou o editor-chefe da emissora nesta quarta-feira (29), no aplicativo de mensagens Telegram. "Eu não posso escrever nenhuma palavra que não tenha relação com o assassinato de nossos amigos na África".

    A República Centro-Africana tem vivido anos de conflitos étnicos e religiosos desde que rebeldes muçulmanos seleka depuseram o seu presidente em 2013.

    Maria Zakharova, representante oficial do Ministério do Exterior da Rússia, disse que os três jornalistas mortos não tinha procurado as autoridades locais. O ministério havia compartilhado um aviso antes da tragédia apontando que os viajantes não deveriam contar com a polícia do país africano, que foi descrita como "basicamente extinta".

    Mais:

    China e EUA doam veículos militares à República Centro-Africana
    O que não dá certo na República Centro-Africana?
    Rússia abre investigação sobre assassinato de jornalistas na República Centro-Africana
    Sindicato dos Jornalistas Russos investiga assassinato na República Centro-Africana
    Mídia: 3 supostos jornalistas russos são mortos na República Centro-Africana
    Tags:
    jornalistas mortos, mídia russa, Tsur, Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Aleksandr Rastorguyev, Kirill Radchenko, Orkhan Dzhemal, Maria Zakharova, República Centro-Africana, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik