07:22 20 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Orquestra Militar da Guarda Real de Omã participa da abertura do festival Spasskaya Bashnya na Praça Vermelha, em 24 de agosto de 2018

    Festival de música militar Spasskaya Bashnya volta a conquistar a capital russa

    © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    Rússia
    URL curta
    Ekaterina Nenakhova
    Festival Spasskaya Bashnya (4)
    340

    "A Música vai vencer!" - eis o lema do fantástico festival internacional Spasskaya Bashnya que decorre anualmente no centro da capital russa, em plena Praça Vermelha. Descubra em nossa reportagem como foi a cerimônia de abertura!

    Ontem (24), centenas de corneteiros, percussionistas, dançarinos e maestros se reuniram perante a famosa torre Spasskaya do Kremlin para encher as tribunas de belas melodias internacionais e populares. Embora o foco principal do programa tenha a ver com as orquestras militares russas por estas serem anfitriãs do evento, os visitantes tiveram uma oportunidade inédita de se deleitar com harmonias completamente exóticas — desde mexicanas até árabes.

    © Sputnik . Ekaterina Nenakhova
    Praça Vermelha vira palco musical

    Cada ano, os organizadores tentam variar o máximo possível a lista de participantes. Nesta vez, as surpresas para o público foram inéditas. Assim, os músicos da Orquestra de Carabineiros do Príncipe de Mônaco decidiram usar os sons da música com batida forte para acompanhar sua apresentação, aquecendo as bancadas.

    Corpo de Granadeiros Velhos de Genebra participa da abertura do festival Spasskaya Bashnya na Praça Vermelha, em 24 de agosto de 2018
    © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    Corpo de "Granadeiros Velhos" de Genebra participa da abertura do festival Spasskaya Bashnya na Praça Vermelha, em 24 de agosto de 2018

    Já a Orquestra Crescendo, da Holanda, saiu ao palco, ou, melhor dizendo, à calçada, de bicicletas, que sempre fazem parte inalienável dos seus shows. O grupo fez questão ainda de manifestar a importância deste veículo na sua arte de uma maneira bem metafórica. Em meio ao espetáculo, um dos músicos (claro que deliberadamente) caiu do veículo. Em seguida, os seus colegas correram para salvar a "vítima" do acidente e coloca-la em uma maca, só que se tratava… de uma bicicleta. A cena gerou riso nas tribunas e culminou com um desfile emocionante de todos os participantes reunidos.

    • Orquestra Crescendo da Holanda participa da abertura do festival Spasskaya Bashnya na Praça Vermelha, em 24 de agosto de 2018
      Orquestra Crescendo da Holanda participa da abertura do festival Spasskaya Bashnya na Praça Vermelha, em 24 de agosto de 2018
      © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    • Orquestra Central Militar do Ministério da Defesa da Rússia participa da abertura do festival Spasskaya Bashnya na Praça Vermelha, em 24 de agosto de 2018
      Orquestra Central Militar do Ministério da Defesa da Rússia participa da abertura do festival Spasskaya Bashnya na Praça Vermelha, em 24 de agosto de 2018
      © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    • Orquestra Céltica de Gaitas de Fole e Tambores participa da abertura do festival Spasskaya Bashnya na Praça Vermelha, em 24 de agosto de 2018
      Orquestra Céltica de Gaitas de Fole e Tambores participa da abertura do festival Spasskaya Bashnya na Praça Vermelha, em 24 de agosto de 2018
      © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    • Músicos militares russos participam da abertura do festival Spasskaya Bashnya na Praça Vermelha, em 24 de agosto de 2018
      Músicos militares russos participam da abertura do festival Spasskaya Bashnya na Praça Vermelha, em 24 de agosto de 2018
      © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    • Abertura do festival Spasskaya Bashnya na Praça Vermelha, em 24 de agosto de 2018
      Abertura do festival Spasskaya Bashnya na Praça Vermelha, em 24 de agosto de 2018
      © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    • Orquestra Militar de Sri Lanka participa da abertura do festival Spasskaya Bashnya na Praça Vermelha, em 24 de agosto de 2018
      Orquestra Militar de Sri Lanka participa da abertura do festival Spasskaya Bashnya na Praça Vermelha, em 24 de agosto de 2018
      © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    • Músicos militares russos participam da abertura do festival Spasskaya Bashnya na Praça Vermelha, em 24 de agosto de 2018
      Músicos militares russos participam da abertura do festival Spasskaya Bashnya na Praça Vermelha, em 24 de agosto de 2018
      © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    • Orquestra de Bersaglieri da Itália participa da abertura do festival Spasskaya Bashnya na Praça Vermelha, em 24 de agosto de 2018
      Orquestra de Bersaglieri da Itália participa da abertura do festival Spasskaya Bashnya na Praça Vermelha, em 24 de agosto de 2018
      © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    • Grupo de dança irlandesa participa da abertura do festival Spasskaya Bashnya na Praça Vermelha, em 24 de agosto de 2018
      Grupo de dança irlandesa participa da abertura do festival Spasskaya Bashnya na Praça Vermelha, em 24 de agosto de 2018
      © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    • Grupo mexicano Banda Monumental participa da abertura do festival Spasskaya Bashnya na Praça Vermelha, em 24 de agosto de 2018
      Grupo mexicano Banda Monumental participa da abertura do festival Spasskaya Bashnya na Praça Vermelha, em 24 de agosto de 2018
      © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    1 / 10
    © Sputnik / Ekaterina Nenakhova
    Orquestra Crescendo da Holanda participa da abertura do festival Spasskaya Bashnya na Praça Vermelha, em 24 de agosto de 2018

    A variedade de tradições não faltou — na praça também atuou a Orquestra Céltica de Gaitas de Fole e Tambores da Escócia que interpretou uma valsa, tradicional em todas as bodas britânicas, e a Orquestra de Bersaglieri da Itália, que, por regra, deve tocar sua música correndo à velocidade de 180 passos por minuto.

    O público teve até a oportunidade de assistir a famosa dança irlandesa, quando uma enorme plataforma com artistas vestidos de verde surgiu do nada no "palco" graças a veículos especiais.

    ​O festival contou ainda com a participação de um grupo de músicos mexicano, usando sombreros e tocando temas tradicionais da sua cultura.

    ​A Orquestra Central Militar do Ministério da Defesa da Rússia também conseguiu surpreender o público com um programa arrasador de "hits" da época soviética. Logo no início da sua apresentação, cantaram um tema novo com palavras bem simbólicas:

    "Estamos atuando na Rússia, país espetacular! Hitler e Napoleão não conseguiram nos por de joelhos. Organizamos Mundiais, vencemos aqui e lá. Ainda construiremos centenas de pontes [aludindo à Ponte da Crimeia], só não nos incomodem! O festival Spasskaya Bashnya é famoso por todo o mundo. Não temos medo de vossas sanções — a música vai vencer!".

    No final do evento, todos os participantes — suíços, cingaleses, omanis e britânicos — saíram à praça para interpretar algumas obras famosas da música clássica russa e soviética, inclusive a marcha "A Despedida da Eslava", avançando pelas ruas moscovitas à luz do fogo-de-artifício final.

    Tema:
    Festival Spasskaya Bashnya (4)

    Mais:

    Time escolhe 'Central Park' de Moscou como um dos 100 lugares mais fantásticos do mundo
    Essa música pode salvar vidas, dizem médicos
    Cientistas russos fazem desaparecer da música o ser humano
    Tags:
    orquestra, festival de música, Kremlin, Festival Torre Spasskaya, Holanda, Itália, Omã, México, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik