07:54 29 Outubro 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    270
    Nos siga no

    Ao falar sobre sua exclusividade, os EUA não conseguiram desempenhar o papel de "Super-Homem" na resolução de conflitos internacionais, sublinhou a representante oficial da chancelaria russa, Maria Zakharova, ao comunicar com participantes do Fórum Educacional de Juventude BaltArtek.

    De acordo com a diplomata, muitos países poderiam apoiar o conceito de exclusividade estadunidense se Washington "realmente pudesse dar ao mundo estabilidade, aumentar a segurança, conciliar os países, apaziguar e prevenir novos conflitos".

    "Quem seria contra? Isso é uma enorme responsabilidade política, financeira e moral", observou Zakharova. "Ser aquele Super-Homem que vem para ajudar, presta ajuda e vai embora."

    "Mas os EUA não conseguiram desempenhar esse papel de Super-Homem. Pelo contrário, surgiram mais conflitos, eles se tornaram mais globais. Os EUA não conseguiram cumprir as tarefas colocadas perante uma potência que fala do seu papel especial", destacou.

    Mais cedo, durante sua visita à Sérvia, Zakharova disse que os EUA estão impondo novas sanções contra a Rússia por "terem esgotado os recursos para seu desenvolvimento". Na opinião da representante oficial do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, hoje em dia as autoridades russas "estão analisando" medidas de resposta contra as novas sanções estadunidenses.

    "Infelizmente, somos obrigados a responder de maneira espelhada em vez de pensar como melhorar [a situação] e fazer as relações saírem do impasse", manifestou.

    Mais:

    Moscou: sanções antirrussas dos EUA por armas químicas afetam autoridade da OPAQ
    Mídia norte-americana: novas sanções antirrussas afetarão EUA
    EUA vão impor sanções independentemente das ações da Rússia, diz especialista
    Tags:
    Superman, sanções, Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar