01:32 21 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    Um dos dois blocos geradores de vapor que fazem parte do reator RITM-200 durante a sua instalação no quebra-gelo Arktika do projeto 22220

    Por que Rússia precisa dos quebra-gelos mais potentes do mundo?

    © Sputnik / Usina Baltinsky
    Rússia
    URL curta
    2250

    O vice-ministro da Indústria e Comércio da Rússia, Oleg Ryazantsev, informou que o novo quebra-gelos nuclear russo Lider será construído nos estaleiros no Extremo Oriente russo. Analista militar Viktor Litovkin comentou essa noticia.

    Hoje (27), Oleg Ryazantsev declarou que o quebra-gelos nuclear Lider será construído nos estaleiros Zvezda, no Extremo Oriente russo.

    Além disso, a Rússia está construindo três quebra-gelos nucleares do projeto 22220, que serão os mais potentes no mundo, e planeja começar a produção de quebra-gelos diesel-elétricos.

    Em entrevista ao serviço russo da Rádio Sputnik, Viktor Litovkin, analista militar e coronel aposentado, comentou essas declarações do vice-ministro.

    "A construção de quebra-gelos nucleares tão potentes é muito importante porque agora estamos explorando ativamente a Rota Marítima do Norte. Cada vez mais países aderem à passagem dos navios por essa rota, por isso serão necessários novos quebra-gelos, incluindo os de grande potência", explicou ele.

    Além disso, Litovkin sublinha que a construção dos novos quebra-gelos em um estaleiro do Extremo Oriente russo dará um impulso ao desenvolvimento da indústria de construção naval russa e da região em geral.

    Os estaleiros Zvezda, eles próprios ainda em construção, deverão ser o único fabricante de embarcações de média e grande tonelagem, bem como de equipamentos para exploração, produção e transporte de hidrocarbonetos, incluindo quebra-gelos e elementos de plataformas marítimas para exploração offshore de jazidas petrolíferas e de gás.

    Mais:

    A verdadeira supremacia: os quebra-gelos russos no Ártico
    Rússia revela ambiciosos planos de construção dos mais potentes quebra-gelos nucleares
    Tags:
    construção, navios, quebra-gelo, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik