21:19 17 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Presidente dos EUA, Donald Trump, e seu homólogo russo, Vladimir Putin, durante a reunião em Helsinque, Finlândia

    Assessor do Kremlin diz que Putin e Trump discutiram realização de um referendo em Donbass

    © Sputnik / Sergei Guneev
    Rússia
    URL curta
    693

    O presidente russo Vladimir Putin e o presidente dos EUA, Donald Trump, discutiram na cúpula de Helsinque a realização de um referendo em Donbass sobre a situação da República Popular de Donetsk (DPR) e das Repúblicas Populares de Lugansk (LPR), afirmou o assessor do Kremlin Yuri Ushakov em uma entrevista.

    Na quinta passada (19), a agência Bloomberg informou, que durante o recente encontro com Trump em Helsinque, Putin propôs realizar um referendo no leste da Ucrânia sob os auspícios de organizações internacionais para que os residentes locais pudessem determinar o status dos próprios territórios separatistas.

    "Esta proposta foi discutida, mas nenhuma reação foi seguida", disse Ushakov ao jornal Izvestia em uma entrevista.

    Na quarta (20), o embaixador russo nos Estados Unidos, Anatoly Antonov, confirmou que propostas específicas sobre a resolução do conflito no leste da Ucrânia foram feitas na cúpula de Helsinque.

    O conflito em Donbass começou em 2014, quando as autoridades ucranianas lançaram uma operação militar contra as autoproclamadas repúblicas populares de Donetsk e Lugansk, que se recusaram a reconhecer o novo governo em Kiev após a revolução na Praça Maidan.

    Em fevereiro de 2015, as partes em conflito assinaram os acordos de paz de Minsk para acabar com as hostilidades na região. Apesar disso, a situação permaneceu tensa, com ambas as partes acusando-se mutuamente de violações do cessar-fogo.

    Tags:
    Acordos de Minsk, Bloomberg, Izvestia, Anatoly Antonov, Yuri Ushakov, Helsinque, Estados Unidos, Lugansk, Donetsk, Ucrânia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik