04:04 20 Novembro 2018
Ouvir Rádio
    O presidente russo, Vladimir Putin, durante a cerimônia de abertura da Copa 2018 da FIFA

    Putin se diz satisfeito com organização da Copa do Mundo

    © Sputnik / Alexei Druzhinin
    Rússia
    URL curta
    13161

    A Rússia se preparou de forma minuciosa para a Copa do Mundo e está feliz com o fato de que o evento foi um sucesso, declarou o presidente russo Vladimir Putin em discurso no Teatro Bolshoi.

    "A Rússia se preparou de uma maneira responsável para celebrar o torneio e nos alegramos que ele tenha sido um êxito e que tenha reunido 1 milhão de pessoas", afirmou o líder russo.

    Os esforços do país foram valorizados tanto pelos atletas "que recebram todas as condições para mostrar suas habilidades", como pelos jornalistas e torcedores, destacou Putin.

    A respeito dos torcedores estrangeiros, o presidente destacou que a Rússia levou em conta o desejo de muitos deles de continuar conhecendo o país, por isso o governo preparou um regime especial de vistos para facilitar as viagens futuras.

    "Sabemos que nossos convidados estrangeiros reiteradamente demonstraram o desejo de voltar à Rússia para mostrá-la a suas famílias e amigos. Certamente vamos introduzir um regime de vistos confortável para que possam seguir aprendendo sobre nosso país", prometeu Vladimir Putin.

    Por sua vez, o presidente da FIFA, Gianni Infantino, declarou que o mundial na Rússia mudou duas coisas importantes na imagem no país.

    Primeiro, demonstrou que a Rússia é um país verdadeiramente futebolístico, tanto pelo desempenho de sua seleção, que alcançou a fase das quartas de final, quanto pelo alto nível da organização do torneio sob todos os pontos de vista.

    Segundo, "e isso também é muito importante", o mundial mudou a percepção sobre a Rússia no mundo, já que todos os fãs e representantes dos meios de comunicação foram testemunhas diretas de como foi o ambiente do campeonato.

    Para concluir, Putin agradeceu a Infantino pela "possibilidade de receber um evento de tanta envergadura e pela confiança na Rússia como um país capaz de valorizar a palavra dada, respeitar os parceiros e manter o espírito e os princípios do esporte".

    Tags:
    Copa do Mundo Rússia 2018, Copa do Mundo 2018, FIFA, Gianni Infantino, Vladimir Putin, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik