14:35 23 Julho 2018
Ouvir Rádio
    Linha Direta com o presidente russo Vladimir Putin, 7 de junho de 2018

    'Sua filosofia é dinheiro e poder': senador americano compara governo russo com máfia

    © Sputnik / Mikhail Klementiev
    Rússia
    URL curta
    21422

    O senador norte-americano John Neely Kennedy, que recentemente visitou a Rússia, afirmou que "é necessário conter" o presidente russo, Vladimir Putin, e que não vale a pena confiar em suas palavras.

    A delegação norte-americana chegou a Moscou em 30 de junho. Na terça-feira (3) houve um encontrou com o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov.

    "Na Rússia, não há uma filosofia política. É o mesmo que tentar saber qual é a filosofia política da máfia", declarou, citado pela AP.

    "Sua filosofia é dinheiro e poder. Eis a filosofia de Putin. Ele governa com mão de ferro. É um ditador", sublinhou Kennedy.

    "Não podemos contar com Putin. Acredito que o melhor que podemos fazer é tentar contê-lo", disse o legislador.

    Além disso, na opinião do político norte-americano, o chanceler russo Sergei Lavrov é "birrento".

    Nessa conexão, ele confirmou que não espera nenhum avanço na cúpula entre Donald Trump e Vladimir Putin.

    Putin e Trump devem se encontrar no dia 16 de julho em Helsinque para discutir as relações bilaterais e várias questões internacionais. Será a primeira reunião plena entre ambos desde que Trump assumiu o cargo, em janeiro de 2017.

    Mais:

    Senador americano reconhece ineficácia das sanções contra Rússia após visitar Moscou
    Senador norte-americano ameaça Rússia com 'medidas draconianas'
    Senador americano apela a considerar Rússia como superpotência
    Tags:
    máfia russa, ditador, autoridades, poder, dinheiro, Senado dos EUA, Donald Trump, Sergei Lavrov, Vladimir Putin, EUA, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik