23:33 19 Setembro 2018
Ouvir Rádio
    Nota de Georgy Zhukov para Josef Stalin (foto de arquivo)

    Defesa russa desclassifica documentos secretos da época da 2ª Guerra Mundial

    © Sputnik / Sergey Pyatakov
    Rússia
    URL curta
    0 140

    O Ministério da Defesa da Rússia publicou vários documentos históricos únicos, até agora mantidos em segredo, sobre o início da Grande Guerra pela Pátria – nome dado pela historiografia soviética à parte da 2ª Guerra Mundial focada na frente oriental, que confrontou a URSS e a Alemanha nazista entre 1941 e 1945.

    Entre esses documentos constam a primeira ordem militar soviética e um mapa capturado que ilustrava o plano alemão Barbarossa. Esse foi o codinome que Adolf Hitler deu ao plano de invasão da União Soviética pelas Forças do Eixo durante a 2ª Guerra Mundial. A operação abriu a Frente Oriental, que logo se tornaria a mais sangrenta da guerra.

    Os documentos foram digitalizados por funcionários do Departamento de Informação e Comunicações do Ministério da Defesa da Rússia e publicados por ocasião do aniversário do início da Grande Guerra pela Pátria. Em 22 de junho, a Rússia celebra o Dia da Memória e da Tristeza. Neste dia, em 1941, a Alemanha nazista começou a bombardear Kiev, então parte da União Soviética, sem ter declarado guerra.

    Os usuários do site do Ministério da Defesa podem conhecer os documentos dos arquivos desclassificados, incluindo orientações do Comissariado da Defesa da URSS, ordens e despachos dos comandantes das unidades e formações militares que levaram o pior golpe das tropas alemãs, documentos que descrevem as ações e decretos sobre a concessão de ordens militares e medalhas aos oficiais e soldados do Exército Vermelho.

    Entre os documentos há uma cópia do documento assinado pelo chefe do Estado-Maior, Georgy Zhukov, três horas depois do início da guerra, às 07hs15.

    Um dos documentos insta o Exército Vermelho a "atacar as forças inimigas com todos os meios e destruí-las nas áreas onde violaram a fronteira soviética", enquanto bombardeiros e caças deveriam destruir os aviões inimigos e tropas de infantaria "em 100 a 150 quilômetros de profundidade".

    O projeto apresenta pela primeira vez a fase inicial do plano Barbarossa, detalhando a disposição dos agrupamentos das tropas nazistas ao longo das fronteiras soviéticas e marca a direção planejada das principais ofensivas da Wehrmacht – exército alemão – nos primeiros dias da guerra.

    Mais:

    Bomba da 2ª Guerra Mundial explode na Alemanha (VÍDEO)
    Confira países latino-americanos que participaram da 2ª Guerra Mundial
    Expedição encontra submarino soviético naufragado durante 2ª Guerra Mundial
    Tags:
    documentos secretos, Segunda Guerra Mundial, Ministério da Defesa (Rússia), Josef Stalin, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik