07:24 19 Setembro 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    2230
    Nos siga no

    Com uma deposição de flores no Túmulo do Soldado Desconhecido em frente das muralhas do Kremlin começaram os eventos para recordar o início da invasão alemã da União Soviética.

    No Dia da Memória e Luto, às 4h00, foram acesas velas e depositadas flores no Túmulo do Soldado Desconhecido, assinalou o Ministério da Defesa da Rússia em um comunicado.

    Há 77 anos, em 22 de junho de 1941, os generais de Hitler iniciaram a Operação Barbarossa para invadir a União Soviética.

    Os russos chamam de Grande Guerra pela Pátria o período entre esta data e a capitulação do regime nazista em maio de 1945.

    Também se realizaram combates na cidade bielorrussa de Brest.

    A defesa de Brest foi um dos primeiros episódios dramáticos dessa guerra, na qual morreram mais de 26 milhões de cidadãos soviéticos, entre civis e soldados.

    Antes de lançar a ofensiva contra a União Soviética, Hitler já tinha conquistado vários países europeus.

    A Romênia, Itália, Eslováquia, Finlândia, Hungria e Noruega apoiaram a invasão nazista da URSS.

    O povo soviético defendeu a sua Pátria com heroísmo em uma confrontação que durou 1.418 dias e acabou com a completa derrota do bloco fascista em 9 de maio de 1945.

    Mais:

    'Exército encantador' ou as mulheres corajosas que servem nas Forças Armadas da Rússia
    'Eliminou pessoalmente mais de 90 alemães': relatórios de Stalingrado são revelados
    Fera acuada: como soldados soviéticos capturaram um dos principais comandantes nazistas
    Tags:
    guerra, nazismo, Grande Guerra Pela Pátria, Hitler, União Soviética, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar