17:21 16 Dezembro 2018
Ouvir Rádio
    Ativistas se manifestam contra armas nucleares norte-americanas em Colônia, Alemanha (foto de arquivo)

    Rússia espera cooperação ocidental na não-proliferação de armas nucleares

    CC0 / atomwaffenfrei.jetzt
    Rússia
    URL curta
    0 10

    A Rússia espera que o Ocidente abandone as ameaças aos países indesejados e retome a cooperação no campo da não proliferação nuclear. A informação foi publicada no texto da declaração da delegação russa na sessão do Conselho da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA).

    "Esperamos que os países ocidentais parem com a prática de estabelecer ameaças e ultimatos contra países que lhe são impertinentes ​​e voltem para os esforços internacionais conjuntos destinados a reforçar o regime de não proliferação global", diz o texto, divulgado pelo Ministério das Relações Exteriores da Rússia. 

    "Desenvolvimentos em torno Plano de Ação Conjunto Global provaram mais uma vez que, para o nosso profundo pesar, para alguns Estados as salvaguardas da AIEA e o regime de não proliferação nuclear não são mais do que uma ferramenta para manipular e meios improvisados ​​para atingir os seus fins políticos egoístas", diz a delegação russa.

    Em abril deste ano, a Rússia acusou os os Estados Unidos não cumprir com suas obrigações sob o Tratado de Não-Proliferação Nuclear (TNP), citando a acumulação nuclear norte-americana na Europa e sua nova doutrina nuclear reacionária.

    Mais:

    Parlamentar: ataque a Irã na Síria é ação planejada após saída dos EUA do acordo nuclear
    Mídia: ataque americano à Síria estimulará Coreia do Norte a manter seu arsenal nuclear
    Ataques dos EUA na Síria podem levar a uma guerra nuclear
    Tags:
    Tratado sobre a Não-Proliferação de Armas Nucleares (TNP), armas nucleares, Ocidente, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik