11:42 11 Agosto 2020
Ouvir Rádio
    Rússia
    URL curta
    0 52
    Nos siga no

    Dois policiais e um civil morreram durante o ataque. Os terroristas queriam fazer reféns na igreja cristã ortodoxa na cidade de Grozny.

    O grupo terrorista Daesh (proibido na Rússia e outros países) teria assumido a responsabilidade de um ataque contra os fiéis e policiais em uma igreja cristã ortodoxa na capital da Chechênia, Grozny. A informação foi divulgada no site da organização investigativa SITE Intelligence Group, especializada em monitorar atividades terroristas.

    "A seção do Daesh no Cáucaso considera de sua responsabilidade o ataque contra a igreja de Arcanjo Miguel na capital da Chechênia", destaca a publicação. SITE Intelligence Group, no entanto, não apresenta mais comentários dos representantes dos radicais islâmicos, nem provas concretas.

    O atentado contra a igreja de Arcanjo Miguel foi realizado neste sábado, 19 de maio. Quatro terroristas armados de espingarda e facas tentaram fazer reféns no local, mas foram mortos durante uma operação especial das forças de segurança locais.

    Segundo as testemunhas, os agressores gritavam "Allahu Akbar" durante o ataque.

    Mais:

    Rússia neutralizou 11 militantes do Daesh no Daguestão nos últimos dias
    Serviços secretos frustram atividade de apoiador do Daesh que preparava ataques na Rússia
    Pentágono chama de propaganda avisos russos sobre ameaça do Daesh na Ásia Central
    Tags:
    Daesh, Chechênia, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar na SputnikComentar no Facebook
    • Comentar