19:43 15 Agosto 2018
Ouvir Rádio
    Craque Lionel Messi durante uma partida amigável entre as seleções russa e argentina nas vésperas da Copa 2018, no estádio de Luzhniki, em 11 de novembro de 2017

    Daesh ameaça Copa do Mundo FIFA 2018 com fotos de Messi decapitado

    © Sputnik / Grigory Sysoev
    Rússia
    URL curta
    313

    O grupo terrorista Daesh, proibido na Rússia e em outros países, teria prometido transformar estádios de futebol em campos de batalha, enchendo "o chão de sangue" durante o próximo grande torneio na Rússia.

    Ameaças terroristas contra a Copa do Mundo de 2018 estão sendo espalhadas por meio de contas Telegram atribuídas ao Daesh. De acordo com o Daily Mail, vários cartazes ameaçadores foram lançados, incluindo fotos de jihadistas matando grandes estrelas do futebol como o português Cristiano Ronaldo e o argentino Lionel Messi em um campo de futebol. Junto com as imagens ameaçadoras é uma ameaça em inglês, alegando que "a vitória na Copa do Mundo da FIFA Rússia 2018 será nossa", além de citar versos islâmicos, ameaças e um emblema quebrado da Copa do Mundo.

    Além de várias fotos de jogadores de futebol decapitados ou torturados atrás de grades, a série de imagens também apresenta militantes mascarados armados com armas, bombas e granadas nos estádios ou perto dos locais, incluindo a Arena Luzhniki, onde a final da Copa do Mundo irá tomar lugar. Essa não é a primeira vez que Messi é ameaçado pelo Daesh.

    A Rússia sediará a Copa do Mundo pela primeira vez em 2018 entre 14 de junho até 15 de julho. Moscou, Kaliningrado, São Petersburgo, Volgogrado, Kazan, Samara, Nizhny Novgorod, Saransk, Rostov —on-Don, Sochi e Ekaterinburg vão sediar os jogos. Nizhny Novgorod vai receber jogos da fase de grupos, assim como os oitavos-de-final e as quartas-de-final.

    Mais:

    Ministério Público denuncia 11 pessoas por promoção do Daesh no Brasil
    Turquia prende 54 estrangeiros suspeitos de ligação com o Daesh
    Daesh reivindica autoria de ataque no Afeganistão
    Polícia militar russa inicia patrulhamento dos bairros libertados do Daesh
    Daesh assume responsabilidade por ataque em Paris
    Tags:
    Copa do Mundo Rússia 2018, Rússia
    Padrões da comunidadeDiscussão
    Comentar no FacebookComentar na Sputnik